Moda: campeã em marketing de influência

Buscar

Marketing

Publicidade

Moda: campeã em marketing de influência

Estudo da Squid revela que, em 2018, 25% das campanhas realizadas com microinfluenciadores foram neste segmento


15 de março de 2019 - 6h00

 

(Crédito: EVG Photos/Pexels)

Levantamento realizado pela Squid, plataforma de marketing de influência, mostra que o setor que mais investiu em ações com microinfluenciadores em 2018 foi a moda, com 25%  das campanhas realizada nesse nicho de atuação. Segundo a companhia, a pesquisa foi realizada com base em campanhas feitas em perfis com até 100 mil seguidores.

Gastronomia, comidas, beleza e cosméticos seguem em segundo lugar com 15% das ações. A categoria ‘outros’ vem logo atrás com 10%, seguida por lifestyle, 9%; brinquedos, crianças e bebê, 8%; carros e motocicletas, 5%, empatados com bebidas; viagens e turismo também empatados com negócios e empreendedorismo com 4%.

Para Felipe Oliva, CSO da Squid, o ano de 2018 foi marcado por um crescimento acentuado de influenciadores digitais, que revolucionou o cenário de marketing por meio da produção de conteúdo autêntico. “Com isso, além de buscar perfis que tenham mais proximidade com o público que visa atingir, as marcas entendem, cada vez mais, a necessidade de avaliar se os influenciadores escolhidos se identificam com os valores da marca e com a mensagem que buscam transmitir”, declara o CSO.

*Crédito da imagem no topo: Rawpixel/Pexels

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”