Magalu compra Steal The Look para crescer em moda e beleza

Buscar

Marketing

Publicidade

Magalu compra Steal The Look para crescer em moda e beleza

Rede de varejo tem a meta de ampliar os negócios digitais do segmento e investirá em soluções para sellers pela plataforma Magalu Ads

Bárbara Sacchitiello
17 de março de 2021 - 19h45

(Crédito: Reprodução)

Atualizada às 20h15

Em mais um movimento no sentido do fortalecimento de seu pilar de marketplaces e ampliação dos negócios digitais, o Magazine Luiza adquiriu o portal Steal The Look, especializado em conteúdo e e-commerce de moda e beleza.

O segmento é uma área na qual o Magalu vislumbra uma grande oportunidade de crescimento. “O mercado de moda e beleza movimenta cerca de R$ 230 bilhões por ano e ainda possui um caminho muito grande a ser percorrido em termos de digitalização. Como o Magalu adotou como missão ajudar a digitalizar o varejo brasileiro, queremos também estar entre os grandes players desses segmentos”, comenta Silvia Machado, que há seis meses assumiu a diretoria executiva de moda e beleza da empresa com a proposta de auxiliar o desenvolvimento do pilar.

Por meio do Steal The Look, o Magalu pretende oferecer ao consumidor de itens de moda e beleza uma jornada mais completa dentro de suas plataformas, que inicie com o consumo de conteúdo e de informações a respeito do segmento e que possa ser terminar na conversão da venda nas próprias plataformas da empresa. De acordo com o Magalu, o portal, que reúne conteúdo sobre comportamento, moda, beleza e estilo de vida, alcançou uma média de 8 milhões de usuários únicos no ano passado.

A diretora executiva de moda e beleza do Magalu ressalta que a companhia já vem investindo nos pilares de moda e beleza há alguns anos. Em 2013, a empresa comprou o portal Época Cosméticos e, em 2019, agregou ao seu portfólio os portais Zattini e Netshoes. “Nosso interesse e movimentações nesse segmento já vinham há alguns anos, bem antes da pandemia, mas claro que a situação do ano passado acabou acelerando muito a digitalização desses mercados. O crescimento nas vendas online que estamos vendo é algo que esperávamos ter somente em 2025 ou 2026” pontua Silvia.

Mesmo com a aquisição, o Steal The Look irá se manter como um portal com produção de conteúdo independente. A ideia, segundo a porta-voz, é aproveitar o conteúdo para o desenvolvimento de ações publicitárias e campanhas para os sellers que comercializam seus produtos no marketplaces do Magalu.

Em agosto do ano passado a rede de varejo fez um investimento semelhante ao adquirir o portal Canaltech, especializado em conteúdo sobre tecnologia e inovação. A ideia era a mesma que, agora, será aplicada ao segmento de moda e beleza: permitir às empresas parcerias opções mais variadas de publicidade e de entregas comerciais enquanto oferece ao consumidor final um universo mais amplo de conteúdo além das ofertas e informações sobre produtos.

A aquisição do Steal The Look é a segunda anunciada pelo Magalu neste ano. No início de março, a empresa anunciou a compra do VipCommerce, plataforma de e-commerce White label com foco no varejo alimentar. O conceito de White label (rótulo branco, em tradução livre) diz respeito a produtos ou serviços que são oferecidos e podem ser personalizados por marcas terceiras.

Publicidade

Compartilhe