Magalu vai às compras por mais frequência

Buscar

Marketing

Publicidade

Magalu vai às compras por mais frequência

Aquisição de ToNoLucro e Grandchef integra a estratégia da varejista de aumentar o número de transações com os clientes se tornando um ecossistema, diz o VP de negócios Eduardo Galanternick,


31 de março de 2021 - 20h39

Por Giovana Oréfice e Taís Farias

Na noite de terça-feira, 30, o Magalu anunciou mais duas aquisições: o app ToNoLucro e a plataforma GrandChef. As compras reforçam a operação de delivery de alimentos, já apontada como estratégica pelo grupo. Os valores da transação não foram informados pela companhia. No início do mês, o Magalu já havia adquirido a VipCommerce, plataforma de e-commerce white label com foco no varejo alimentar.

 

Com ToNoLucro e GrandChef, a companhia soma quatro aquisições em 2021. No ano passado, o grupo chegou a 11 compras (Crédito: Divulgação)

O aplicativo de delivery ToNoLucro tem uma rede de entregadores e também gerencia os pagamentos dos pedidos. Com cinco mil restaurantes cadastrados, o app está presente em mais de 40 cidades e tem forte atuação em Goiás, Pará e Tocantins. Já a GrandChef é uma plataforma de tecnologia para pequenos e médios restaurantes. Por meio de aplicativos e sistemas, ela possibilita a gestão completa dos restaurantes.

Eduardo Galanternick, vice-presidente de negócios do Magalu, diz que o principal objetivo é fazer com que os usuários aumentem a frequência do uso do app. Ele indica que a maior parte dos produtos vendidos pela empresa são de baixa frequência, como televisões e geladeiras. “A partir do momento em que temos uma estratégia de ser um ecossistema, nós precisamos aumentar as interações com essa plataforma”, afirma. “Fazemos isso através da adição de novas categorias e também por meio de novos meios de interação”, acrescenta.

Ambas as aquisições encontram ressonância em outras compras já feitas pelo Magalu. O investimento no delivery teve início em setembro de 2020, com o AiQFome, que já processou mais de R$ 1 bilhão em pedidos. Segundo a companhia, com a compra do ToNoLucro, o Magalu se consolida na quarta posição do mercado brasileiro de delivery. Entretanto, o vice-presidente de negócios afirma que a intenção não é atuar como concorrente dos apps já existentes, mas sim entregar relevância ao consumidor e fomentar o próprio aplicativo para as demais funções já existentes.

Para a plataforma GrandChef, é possível traçar um paralelo com a VipCommerce que também oferece tecnologia para os players do Magalu, possibilitando que os varejistas criem seu próprio e-commerce. O foco da aquisição, no entanto, era na vertente de mercados da plataforma, enquanto GrandChef atua com restaurantes.

Apesar de estratégica, a área de alimentação não é a única na mira do Magalu. Também neste mês, a companhia comprou o portal Steal The Look, especializado em conteúdo e e-commerce de moda e beleza. A movimentação vislumbrava uma oportunidade de crescimento em moda e beleza. Com ToNoLucro e GrandChef, a companhia soma quatro aquisições em 2021. No ano passado, o grupo chegou a 11 compras.

*Crédito da foto no topo: Reprodução’

Publicidade

Compartilhe