Ipanema dá novos passos rumo à sustentabilidade

Buscar
Publicidade

Marketing

Ipanema dá novos passos rumo à sustentabilidade

Coleção Recria, com 60% de material reciclado e preços acessíveis, assim como pontos de logística reversa nos Clubes Melissa são destaques

Roseani Rocha
19 de julho de 2021 - 6h00

A partir desta segunda-feira, 19, a Ipanema, marca do Grupo Grendene, trabalhará mais fortemente suas iniciativas em sustentabilidade, focadas em três pilares: processos, produtos e pessoas. No primeiro caso, os Clubes Melissa passam a ter pontos para receber calçados que não tiverem mais condição de uso, doação ou troca. Os produtos serão coletados e passarão por processos de reciclagem e reuso.

No segundo pilar, a novidade é o lançamento da coleção Recria, com sandálias feitas com 60% de matéria-prima reciclada (nas outras linhas de Ipanema o normal é 30%) e com adição de material “bio based”, por meio da casca de arroz, que segundo a empresa dão aos produtos textura elegante e inusitada. Além disso, a proposta é dar acessibilidade econômica aos itens, cujos preços variam entre R$ 19,99 e R$ 49,99.

Finalmente, no terceiro pilar, estão ações como produção 100% nacional, com condições de trabalho éticas e salários justos; atenção às comunidades no entorno das unidades fabris, com projetos de educação pública infantil e educação corporativa, via Universidade Grendene; valorização da força de trabalho feminina (que, hoje, é 88% dos quadros de Ipanema e 41% do total de funcionários da Grendene).

Daiane Fischer, gerente de marca e comunicação de Ipanema, comenta o lançamento de Recria: “É muito especial para a marca, pois vem dar luz a um movimento que começamos há 10 anos. Reconhecemos nossa responsabilidade na construção de um futuro melhor e estamos engajados na construção dessa jornada de menor impacto, sempre considerando pessoas, produtos e processos”.

Segundo ela, a coleção também é responsável por deixar clara a posição de Ipanema em relação ao tema: sustentabilidade tem que ser acessível para todos, com produtos de menor impacto, informação de moda e preços democráticos a todos os bolsos. Daiane afirma, ainda, que há um plano de comunicação que será amplamente disseminado nos canais digitais oficiais da marca. Nele, a marca também passou a divulgar os pontos de coleta que estarão disponíveis nos Clubes Melissa de todo Brasil como forma de fomentar a economia circular e o correto destino dos produtos que não tem mais condições de uso.

Publicidade

Compartilhe

Veja também