Campos do Jordão terá versão de verão do festival

Buscar
Publicidade

Marketing

Campos do Jordão terá versão de verão do festival

Tradicional destino de inverno, cidade terá nova edição do evento de música de 22 de janeiro a 13 de fevereiro, com patrocínio de Baden Baden

Carolina Huertas
21 de janeiro de 2022 - 11h42

São Paulo Chamber Soloists no Auditório Claudio Santoro, no 51º Festival de Inverno, em 2021 (Crédito: Bruna Brandão)

Atualizada às 16h

A primeira edição do Festival de Verão de Campos do Jordão acontecerá a partir deste sábado, 22, até 13 de fevereiro. Reconhecido como o maior evento de música clássica da América Latina, o Festival de Inverno, que acontece tradicionalmente em julho de todo ano, agora ganha uma edição no começo do ano, em novo formato. O festival tem como patrocinadora a Baden Baden, cerveja artesanal criada na cidade de Campos do Jordão, além da Sabesp e do Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Estamos muito felizes em poder patrocinar esse evento para a cidade jordanense, nossa cidade de origem. Durante a trajetória de Baden Baden, seguimos fortalecendo a região em ações e experiências, e não seria diferente com o Festival de Verão de Campos do Jordão. Queremos fomentar a cultura e a arte na nossa cidade. Essa é uma forma de retribuir tudo que ela já nos proporcionou, conta Lucas Pires, gerente de marketing do Grupo Heineken Brasil.

A cidade receberá, ao longo de três semanas, mais de 50 apresentações musicais divididas nos eixos “Música Popular Instrumental” e “Música Erudita Contemporânea” e um núcleo pedagógico em formato original.  Os concertos também serão exibidos no canal do YouTube e na plataforma #CulturaEmCasa, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa. Os concertos acontecerão em três palcos: no recém-criado Parque Capivari, no Palácio Boa Vista e no tradicional Auditório Claudio Santoro, localizado no Museu Felícia Leirner.

“Com este novo formato, o Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, responsáveis pela iniciativa, buscam ampliar este já tradicional evento – no que diz respeito à época de sua realização, potencializando a capacidade turística do Vale do Paraíba, e ao seu aspecto conceitual, abraçando linguagens e formatos musicais explorados com menor frequência no Festival de Inverno, que é totalmente voltado à música clássica e, em julho de 2022, chegará à sua 52ª edição”, explica Fabio Rigobelo, assessor do evento.

Rigobelo comenta que, por conta dos protocolos de segurança contra a Covid-19, a capacidade dos três locais foi diminuída em 30% e o comprovante de vacinação, com duas doses ou dose única, no mínimo, será obrigatório para quem quiser acompanhar a programação, além dos protocolos básicos como uso constante de máscaras, distanciamento mínimo e uso de álcool gel.

Entre as estratégias para atrair o público para a versão de verão do festival estão divulgações do evento nas redes sociais e no site oficial do festival; ações com influenciadores; anúncios na Folha de S.Paulo, parceira do evento, e comunicação visual na cidade de Campos do Jordão e nos locais dos palcos.

O 1º Festival de Verão tem direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, curadoria artística de Mônica Salmaso (Música Popular Instrumental) e Clarice Assad (Música Erudita Contemporânea), e coordenação artístico-pedagógica de Daniel D’Alcantara (Música Popular Instrumental) e Ricardo Bologna (Música Erudita Contemporânea).

*Crédito da imagem do topo: Gennady Danilkin – shutterstock

Publicidade

Compartilhe

Veja também