CNN: do anúncio no Brasil à festa de lançamento

Buscar

Mídia

Publicidade

CNN: do anúncio no Brasil à festa de lançamento

Há um ano, canal jornalístico anunciava sua versão brasileira, que acabou adiada para 2020; relembre as contratações da emissora, que fará evento de lançamento no dia 9 de março

Bárbara Sacchitiello
14 de janeiro de 2020 - 15h43

(Crédito: Reprodução)

No dia 14 de janeiro de 2019, duas notícias mexeram com o cenário televisivo do País. A Record anunciou que Douglas Tavolaro, que desde 2009 liderava o pilar do jornalismo da emissora, estava de saída e, em seu lugar, assumiria Antônio Guerreiro. Bastaram alguns minutos para que a imprensa – e o público – descobrissem as razões da mudança: Tavolaro deixara a casa para assumir a missão de estruturar a versão brasileira do canal de notícias CNN. O projeto conta com investimento do empresário Rubens Menin, fundador da MRV Engenharia.

Um ano depois desse anúncio, a emissora jornalística ainda não está em operação, conforme prometeram os líderes do projeto ao anunciar o licenciamento da marca. A estreia, no entanto, já está marcada. Nesta terça-feira, 14, a CNN Brasil divulgou um comunicado sobre seu evento oficial de lançamento no País, que será realizado no dia 9 de março na Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Na ocasião, segundo o canal, serão detalhadas a estrutura da programação e grade. O canal entrará no ar no mesmo mês.

Neste ano de preparação da estrutura, o canal de notícias conseguiu chamar a atenção do público ao noticiar a contratação de nomes conhecidos do jornalismo nacional – muitos deles, tirados da concorrência, como Monalisa Perrone, Mari Palma e Phellipe Siani, além de Evaristo Costa e William Waack.

Se na TV paga o canal ainda não estreou, nas redes sociais a CNN Brasil já vem desenvolvendo uma comunicação ativa com o espectador há meses. Pelos canais oficiais, a emissora anuncia as contratações e mostra os bastidores dos estúdios e das redações montadas em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Além daqueles que ficarão na frente das câmeras, o canal também foi atrás de nomes da área executiva para gerir as principais áreas. Para liderar o comercial, Tavolaro trouxe Marcus Vinícius Chisco, que por anos foi o responsável pela área de merchandising da RecordTV. Além dele, a CNN Brasil também contratou Américo Martins como diretor de conteúdo e Anthony Doyle, ex-nome forte da Turner no Brasil.

Veja os principais acontecimentos e contratações da CNN Brasil após um ano do anuncio do lançamento do canal:

Janeiro/2019
Douglas Tavolaro e Rubens Menin anunciam a criação da versão brasileira do canal de notícias CNN.

Fevereiro/2019
CNN Brasil anuncia sua primeira contratação: Américo Martins, que assumiu o cargo de vice-presidente de conteúdo do canal.

Março/2019
Emissora apresenta sua identidade visual no País.

Abril/2019
Canal investe na composição das equipes que irão gerir os assuntos comerciais e a área de inteligência de mercado. Ex-executivo da RecordTV, Marcus Vinicius Chisco é contratado como vice-presidente comercial.

Maio/2019
Canal começa as primeiras operações em uma sede provisória, localizada em São Paulo.

Junho/2019
O canal anuncia os primeiros nomes conhecidos do público para compor as bancadas: Evaristo Costa e William Waak; no mesmo mês, canal também inaugura seus perfis nas redes sociais para comunicar as novidades ao público.

Julho/2019
Para o cargo de vice-presidente de distribuição, o canal contrata Anthony Doyle, executivo que já ocupou as funções de vice-presidente regional de distribuição e diretor executivo de conteúdo da Turner no Brasil; ainda em julho, o canal contratou Mari Palma e Phelippe Sianni, jornalistas da TV Globo.

Agosto /2019
Douglas Tavolaro e presidente global da AT&T, Randall Stephenson, vão à reunião em Brasília para discutir sobre a fusão entre a companhia e a AT&T.

Setembro/2019
Apresentadora Monalisa Perrone, da Globo, é anunciada como a nova âncora do canal.

Novembro/2019
Emissora define os locais de seu escritórios no Rio de Janeiro e em Brasília.

Dezembro/2019
Jornalista Daniela Lima, apresentadora do programa Roda Viva e colunista da Folha de S.Paulo, é contratada pelo canal

Janeiro/2020
Canal anuncia sua festa de lançamento em São Paulo. Evento será realizado na Oca, no Parque do Ibirapuera, no dia 9 de março e contará com a presença dos executivos e jornalistas da casa, além de autoridades, profissionais do mercado publicitário e imprensa.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Mari Palma

  • william waack

  • Evaristo Costa

  • Monalisa Perrone

  • Anthony Doyle

  • Douglas Tavolaro

  • daniela lima

  • rubens menin

  • phellipe sianni

  • marcus vinicius chisco

  • Turner

  • at&t

  • CNN

  • MRV

  • CNN Brasil

  • TV Paga

  • internet

  • Negócios

  • Notícias

  • mídias sociais

  • jornalismo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”