Grendene assumirá gestão de franquias da Melissa em 2023

Buscar

Grendene assumirá gestão de franquias da Melissa em 2023

Buscar
Publicidade

Marketing

Grendene assumirá gestão de franquias da Melissa em 2023

Empresa passa a administrar o varejo do Clube Melissa e Clube Mini Melissa a partir de fevereiro do próximo ano


30 de maio de 2022 - 6h00

A Grendene anunciou que, a partir de fevereiro do próximo ano, assumirá a gestão e administração do Sistema de Franquias Clube Melissa e Clube Mini Melissa em todo o Brasil. Nos últimos 15 anos, o trabalho era feito pela Multi Franqueadora e a decisão de não renovar o contrato é parte de uma série de ações internas da empresa com foco na aproximação aos consumidores. A mudança foi anunciada durante convenção da marca na terça-feira, 24.

 

Grendene passa a gerenciar sozinha o varejo das marcas Melissa (Crédito: Divulgação)

O diretor de Relações com Investidores da Grendene, Alceu Albuquerque, afirma que o movimento começou em 2020 com a internalização de todas as lojas online das marcas da empresa. Em seguida, em parceria com a 3G Radar, foi iniciada a exploração dos mercados dos Estados Unidos, Canadá, China e Hong Kong e a gestão da distribuição de produtos para fora do País.

“A internalização da gestão da rede de franquias não é uma decisão isolada. Seguimos essa linha de nos aproximar do nosso franqueado, que é o ponto de contato imediato com nosso consumidor final”, explica o executivo. Atualmente, a marca Melissa conta com 388 lojas e a estimativa é que chegue a 416 até o final deste ano.

Do ponto de vista de marketing, Paulo Pedó, diretor da Melissa e de negócios digitais da Grendene, explica que, com o “varejo dentro de casa”, a empresa passa a cuidar também de questões relacionadas ao visual merchandising, trabalho que antes era feito por um setor específico dentro da antiga franqueadora.

“Na Multi, tínhamos uma área específica de marketing que fazia toda a tradução da nossa comunicação para a linguagem do varejo, incluindo a adequação para as vitrines. Essa passa a ser também uma operação interna, o que vai dar uma sinergia maior e uma grande agilidade ao processo, com vistas à prestação do melhor serviço possível aos investidores das franquias”, acrescenta Pedó.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Cade aprova a compra do Playcenter pela Cacau Show

    Cade aprova a compra do Playcenter pela Cacau Show

    Rede de chocolates adquiriu a empresa de entretenimento com o foco de ingressar no setor de experiências

  • Vult entra no segmento de produtos para cabelos

    Vult entra no segmento de produtos para cabelos

    Marca de beleza amplia atuação, colocando no mercado mais de 50 diferentes produtos para contemplar a diversidade brasileira