ASO para apps: como se destacar com a otimização para aplicativos

Buscar
Publicidade

Notícias

ASO para apps: como se destacar com a otimização para aplicativos

Técnica visa atrair a atenção do usuário de maneira orgânica, sem a necessidade de investir em estratégias pagas, como os anúncios

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


2 de março de 2023 - 14h00

o que é aso para apps

Imagem: pexels/cottonbro studio

ASO para apps é uma técnica de marketing digital que tem como objetivo ampliar a visibilidade da marca nas lojas de aplicativos, aumentando assim também o número de downloads orgânicos.

Com o uso cada vez maior de smartphones e o desenvolvimento acelerado de novos apps, as empresas precisam encontrar maneiras de destacar seus produtos e conquistar o público.

Fazer isso de maneira orgânica reduz custos com divulgação, mas o ASO exige a aplicação de estratégias específicas para ser bem sucedido. 

O que é o App Store Optimization (ASO)?

ASO é a sigla para App Store Optimization, ou Otimização para Loja de Aplicativos na tradução para o português. A técnica consiste na aplicação de estratégias para que um app apareça em destaque no ranking de aplicativos da loja. 

Dessa forma, ao buscar por uma determinada palavra-chave relacionada ao aplicativo, o conteúdo otimizado aparece entre os primeiros resultados para o usuário. 

A função do ASO para apps é alcançar esse destaque e atrair a atenção do usuário de maneira orgânica, sem a necessidade de investir em estratégias pagas, como os anúncios.

ASO para apps é a mesma coisa que estratégia de SEO?

aso para aplicativos e SEO

Imagem: pexels/liza summer

Pela definição de ASO, é possível observar uma semelhança com outra estratégia de marketing digital: o SEO. Os dois têm o objetivo de otimizar conteúdos para destacá-los em resultados orgânicos de busca, mas tem aplicações diferentes.

Na prática, a principal diferença entre eles é o canal de aplicação. 

SEO, que é sigla para Search Engine Optimization (ou Otimização para Motores de Busca, em português), é utilizado nos mecanismos de pesquisa, como Google, Yahoo ou Bing. 

O objetivo dessa estratégia é posicionar conteúdos – como blogposts – entre as primeiras indicações da SERP, que é a página de resultados dos mecanismos de busca. 

O ASO, por outro lado, é implementado nas lojas de aplicativos, ou seja, na Apple App Store e na Google Play Store. 

Diante disso, há um comportamento distinto dos usuários em cada canal de busca, portanto as estratégias também são diferentes para atender as necessidades de cada plataforma.

Quais são os fatores de classificação dos aplicativos?

Outra grande diferença entre o SEO e o ASO para apps são os fatores de classificação – aquilo que faz um conteúdo otimizado se destacar mais do que outros. 

Enquanto no SEO os requisitos estruturais mais importantes são as tags dos títulos, volume de palavras-chave, backlinks e hierarquização de subtítulos, no ASO entram também os reviews e avaliações dos usuários, assim como a descrição dos aplicativos.

No processo de otimização para as lojas de aplicativos, também há diferenças entre as plataformas do sistema iOS (App Store) e Android (Google Play Store).

Google Play Store

O Google Play conta com um processo de indexação semelhante ao do mecanismo de busca, considerando todos os elementos textuais para classificar os aplicativos, especialmente as palavras-chaves.

Confira os fatores de classificação na plataforma de aplicativos do sistema Android:

– título;

– descrição;

– funcionalidade de compra;

– reviews e avaliações dos usuários;

– quantidade de atualizações do app;

– quantidade de downloads do aplicativo;

– taxa de engajamento dos usuários no app.

Além desses fatores, vale destacar que o Google Play Store revisa todos os aplicativos para verificar a conformidade com sua política de confiabilidade e qualidade.

App Store

No Apple App Store, as marcas encontram um campo específico para inserir as palavras-chaves ao fazer a otimização do seu aplicativo. 

Essas palavras-chaves não podem ser repetidas ao longo dos campos de aplicativos do sistema iOS. 

Para a App Store, os fatores de classificação são:

– nome do app; 

– URL do aplicativo;

– subtítulo do aplicativo;

– palavras-chaves no campo;

– funcionalidade de compra no app;

– reviews e comentários dos usuários;

– quantidade de atualizações do aplicativo;

– quantidade de downloads no aplicativo;

– taxa de engajamento dos usuários no app.

Assim como o Google Play Store, o App Store também tem uma política de revisão dos aplicativos, que costuma ser um pouco maior. 

Como fazer ASO para apps: dicas de otimização

dicas para fazer otimização de aplicativos

Imagem: pexels/thisisengineering

Ao aplicar as estratégias de ASO para apps, as empresas devem se atentar aos requisitos de cada plataforma, bem como ter em mente os fatores que mais influenciam a decisão do usuário.

Para isso, é importante desenvolver um planejamento claro antes de implementar a técnica. Alguns pontos para colocar o processo em prática são:

– pesquisar o mercado e o perfil do público-alvo;

– pensar em um nome estratégico e claro para o app;

– selecionar a categoria correta de acordo com o público;

– incentivar as avaliações de usuários nas lojas de aplicativos;

– escolher imagens e vídeos de alta qualidade para demonstrar o app;

– definir um logo que transmita a identidade da marca, com tamanho correto;

– criar uma descrição clara sobre o aplicativo, com o uso adequado das palavras-chaves.

Além dessas dicas, vale ampliar as ações de divulgação para outros canais, seja em mídias sociais, anúncios ou a partir do marketing de conteúdo no site, trabalhando assim as estratégias omnichannel da marca.

Quais os benefícios do ASO para apps?

Para as marcas que desejam aplicar a técnica de App Store Optimization, existem benefícios que podem ser destacados no processo. Conheça alguns abaixo.

Melhora na taxa de conversão

As estratégias de otimização permitem direcionar o aplicativo para os usuários corretos, no momento correto, o que aumenta as chances de conversão. 

Dessa forma, é possível conquistar clientes mais engajados e alcançar a fidelização também torna-se um processo mais fácil.

Maior visibilidade para as marcas

O ASO é uma maneira de garantir o destaque do aplicativo nas lojas e, portanto, de ampliar a visibilidade na marca não apenas na plataforma, mas também no mercado.

Ao aplicar as estratégias de otimização, a empresa permite que o consumidor encontre o aplicativo com facilidade.

Com isso, também é possível chegar a usuários que não conhecem o produto, mas são clientes em potencial e têm chances maiores de conversão.

Aumento de downloads orgânicos

O crescimento de downloads orgânicos é uma consequência das estratégias de otimização como o ASO, que permite aos usuários encontrarem aplicativos por meio de palavras-chaves relacionadas, por exemplo.

Com isso, a técnica pode trazer uma redução nos investimentos em anúncios e no CAC (Custo de Aquisição por Cliente).

Redução nas taxas de desinstalação

Os downloads orgânicos tendem a ser feitos por usuários mais engajados com a marca e, por isso, são mais propensos a manterem o aplicativo no dispositivo.

Dessa forma, é possível reduzir as taxas de desinstalação e aumentar a taxa de fidelização dos clientes. 

Contudo, para manter os usuários engajados, é importante investir em outras estratégias, como a atualização frequente do aplicativo.

Afinal, vale a pena investir em ASO para apps?

O ASO é uma espécie de SEO para aplicativos, portanto visa a otimização dos conteúdos para destacá-los nas lojas de apps e, com isso, atrair a atenção dos usuários. 

Segundo um levantamento da Statista, a projeção para a receita total do mercado de aplicativos é de US$614,40 bilhões até 2026, com taxa de crescimento anual de quase 8%. 

Os dados apontam para uma tendência de fortalecimento dos apps, o que pode ampliar a concorrência no mercado, bem como trazer usuários mais exigentes. 

Neste contexto, as estratégias para destacar a marca, como o ASO, tornam-se ainda mais essenciais.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Vidmob: como aumentar o desempenho do Reels no Instagram e Facebook?

    Vidmob: como aumentar o desempenho do Reels no Instagram e Facebook?

    Miguel Caeiro, head Latam da Vidmob, dá detalhes sobre isso e como a IA pode ajudar as marcas na estratégia de aumentar o ROI

  • RD Station: 55% dos profissionais de marketing já usam IA

    RD Station: 55% dos profissionais de marketing já usam IA

    Pesquisa da empresa com apoio da Totvs, RD Station Conversas, Exact Sales e Lexos ouviu mais de três mil pessoas que trabalham na área e em vendas