Campanhas da semana: Nubank, Spotify e outros

Buscar

Comunicação

Publicidade

Campanhas da semana: Nubank, Spotify e outros

M&M traz as campanhas publicitárias lançadas nos últimos dias


13 de dezembro de 2019 - 6h00

Para o fim de ano, o Nubank fez uma sátira sobre as campanhas que os bancos tradicionais costumam fazer para a época, propondo metas que as pessoas e empresas, de fato, possam realizar com seus serviços. A comunicação foi criada pela área de Creative Lab da fintech e conta com filtros no Instagram.

Para celebrar o fim da década e dar boas-vindas à próxima, o Spotify fez da linha 4-amarela, do metrô de São Paulo, uma linha do tempo dos sucessos dos últimos dez anos. Para a ação, denominada “Da Luz ao Morumbi, uma viagem no tempo”, o serviço de streaming instalou painéis em cada estação da ViaQuatro, com nomes de artistas e músicas que marcaram esses anos. Os usuários podem destacar pôsteres para levar para casa e algumas estações contam com letreiros com termos ou frases marcantes de músicas. A CUBOCC auxiliou na ação. A ação foi viabilizada com utilização de ativos da Eletromidia.

 

(Crédito: Divulgação/Spotify)

Lançando o programa “Conta pra mim”, que incentiva pais e responsáveis a desenvolver estratégias para a leitura em família, o Ministério da Educação divulgou uma campanha criada pela Escala Comunicação e produzida pela Vapt Filmes que mostra uma criança ansiosa pela chegada de seu pai para ler com ele. O filme será veiculado em TV aberta, mas a campanha conta ainda com spots de rádio, mídia OOH e digital e publicações nas redes sociais.

Em parceria com a Rappi, a H2OH! lançou a campanha Sidecar H2OH!, que colocou o ator e cantor Tiago Abravanel para circular junto com um entregador do Rappi para presentear os usuários com um sabor da bebida. O vídeo é uma das peças de uma promoção da marca, que colocou códigos promocionais escondido no conteúdo campanha. Os descontos variam entre R$25 e R$500 em restaurantes parceirtos. Também participam da comunicação Paola Antonini e Jonathan Azevedo. Ela foi criada pela Lew’Lara\TBWA.

Criada pela Paim Comunicação, a Renner veicula uma campanha de Natal que estimula o público a valorizar as relações nesta época do ano. A comunicação leva o conceito “Estar junto é o melhor presente” para peças nas redes sociais da marca e publicações no blog Estilo Renner.

A HughesNet, além de levar internet para a área rural, decidiu neste Natal decorar o espaço da comunidade de Pedro Cubas, no interior do estado de São Paulo, com luzes e árvore de Natal. A ação foi realizada pela Catalunya Filmes e será exibida em vídeos para TV e redes sociais da marca.

Marco Luque e seus personagens protagonizam a campanha da Óticas Diniz para o Natal. O ator coloca que, na compra de um óculos, o segundo sai pela metade do preço. Criada pela Rái Publicidade, a comunicação tem peças para TV, spots de rádio, mídia digital e material para PDV.

Criada pela Tua, a campanha “Você de carro novo”, do Consórcio Magalu, coloca a influenciadora Luana Miyuki para falar como a empresa pode realizar os sonhos de famílias com sua promoção de Natal. Ela faz uma comparação do Consórcio Magalu com o Papai Noel, que lhe deu um cachecol no verão, constatando que o consórcio é capaz de tornar os objetivos verdadeiros, diferente do velhinho.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Spotify

  • LewLaraTBWA

  • H2OH

  • CuboCC

  • Nubank

  • Renner

  • VAPT Filmes

  • Óticas Diniz

  • RAPPI

  • Rái Publicidade

  • HughesNet

  • tua

  • paim comunicação

  • catalunya filmes

  • ministério da educação

  • escala comunicação

  • consórcio magalu

  • Publicidade

  • Campanhas

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”