01 E 02 DE JUNHO DE 2022 | WTC São Paulo - SP
Publicidade

Evento ProXXIma

Método Boca Rosa: buzz, planejamento e honestidade

Empresária e influenciadora Bianca Andrade explica como se baseou em estratégias do marketing digital para conquistar números de venda e engajamento

Thaís Monteiro
3 de junho de 2022 - 8h23

Kylie Jenner, Cruella, Emily (da série Emily in Paris) e Miranda Prisley (do filme O Diabo Veste Prada) são todas mulheres que inspiram Bianca Andrade na sua carreira enquanto empreendedora das marcas Boca Rosa Beauty, Boca Rosa Hair e da própria marca Bianca Andrade. Elas traduzem bem a abordagem que a empresária da Boca Rosa Company dita para seus negócios, que é baseada em buzz, criatividade, estratégia de marketing digital e empoderamento enquanto líder mulher.

Na própria quinta-feira, 2, quando finalizou o ProXXIma 2022 ao ser entrevistada pela editora-assistente do Meio & Mensagem, Roseani Rocha, e a repórter Carolina Huertas, a empresária se viu inserida em uma polêmica nas redes sociais ao compartilhar um roteiro de publicações em suas redes para a semana, incluindo detalhes, como dar bom dia aos seguidores, publicar fotos específicas etc.

 

Bianca Andrade participou do último painel do ProXXIma 2022 com as jornalistas Carolina Huertas e Roseani Rocha (Crédito: Eduardo Lopes/Imagem Paulista)

A publicação, feita via Stories, repercutiu entre outros influenciadores replicando a rotina, como Felipe Neto, e, inclusive, no universo do marketing conforme marcas como Dell, Guaraná Antártica, Duolingo Brasil, Motorola, Evino e outras passaram a postar o que seria sua rotina de conteúdo.

No ProXXIma 2022, Bianca explicou que o compartilhamento da sua rotina foi intencional, porque ela quer começar a falar mais sobre marketing digital e empreendedorismo em suas redes. “Eu quero cada vez mais ser essa mulher do marketing. As pessoas descobriram que digital influencer também tem estratégia”, brincou. O buzz é um dos pontos centrais na metodologia que usa para divulgar suas marcas. Essa abordagem foi inspirada pelo uso da mesma pelas irmãs Kardashian-Jenner.

Segundo ela, sua inspiração para criar negócios veio de Kylie Jenner, a mais nova da família Kardashian que, a partir de um questionamento sobre o uso ou não de preenchimento labial, decidiu criar sua própria marca de maquiagem, que foi um sucesso de vendas. “A ideia do Boca Rosa saiu de um insight de vários momentos como de ver uma mulher forte e que divide opiniões fazer seu negócio acontecer em meio disso e foi assim que eu criei Boca Rosa Beauty”, contou. Antes disso, Bianca já havia participado de campanhas para televisão e foi delas que partiu o interesse em ser diretora criativa, que chegou a ela como oportunidade a partir da Payot, com quem tem a coleção.

O buzz marketing também está inserido na organização de seu feed do Instagram. A cada novo lançamento, Bianca faz um feed temático uma semana antes, com contagem regressiva, storytelling e ensaios fotográficos específicos para o produto que, para ela, dá muito resultado. Lançado o produto, ela investe em press kits que surpreendem. “Enquanto influenciadora, eu sabia qual presskit me cativava e eu fiz a mesma coisa com minha marca. Eu não pago para as pessoas postarem, eu surpreendo elas. Para isso que eu gasto meu cérebro com uma troca justa. Esse é meu método”, descreveu.

Nesse caso, o planejamento é essencial. “Nenhum negócio a longo prazo sobrevive sem estratégia. Eu preciso de muita criatividade e estratégia para me reinventar há 12 anos. Se não, eu estaciono”, pontuou. Ela busca mostrar para seu público que é possível alcançar sucesso com essa rotina regrada e pensada, pois foi assim que ela, uma mulher nascida e criada em comunidades do Rio de Janeiro, se tornou empresária.

Outro ponto central em sua estratégia é apostar em uma forte identidade visual. Durante sua participação no Big Brother Brasil, ela chegou a levar seus produtos, mas sem rótulo. Segundo ela, suas vendas aumentaram três vezes. Seu escritório em São Paulo é totalmente instagramável para que as pessoas que lá vão consigam extrair conteúdo de todos os cantos, inclusive o teto. “As pessoas tiram foto e falam do escritório para as outras pessoas. É estratégico e intencional”, disse.

Por fim, ela aposta na autenticidade para manter sua marca correndo ao longo prazo e é dessa forma que ela lida com sua imagem nas redes sociais, assumindo posicionamentos e erros. “Só a verdade tem longo prazo. Se você não tem verdade, você pode fazer a melhor estratégia do mundo que não vai durar”, concluiu.

Publicidade

Compartilhe