Rock in Rio entrega seu show de experiências

Buscar

Marketing

Publicidade

Rock in Rio entrega seu show de experiências

Em uma área duas vezes maior que a edição anterior, festival cativa o público e reforça seu novo posicionamento

Teresa Levin
18 de setembro de 2017 - 16h52

Pablo Vittar arrebatou o público no espaço do Itaú (Crédito: Divulgação)

A promessa da organização era entregar um parque de entretenimento e promover experiências de arrepiar o público presente. E foi exatamente isso que o Rock in Rio fez nos três primeiros dias da edição de 2017 do Festival. Com uma nova Cidade do Rock, em uma área duas vezes maior no Parque Olímpico, o evento estreou na última sexta-feira, 15, repleto de novidades, como a Rock District, o Game XP e muitas ativações interativas das marcas patrocinadoras e apoiadoras. Os três primeiros dias do evento não deixaram dúvidas: o Rock in Rio é sim muito mais que um festival de música e contagia o público presente, que a depender das atrações do line up tem as mais diversas idades, gostos e tipos. Mas o que se viu ao longo de sexta, sábado e domingo no Parque Olímpico foi alegria por todos os lados e uma legião de fãs do evento e da marca Rock in Rio, indo além dos shows em si.

Tirolesa é patrocinada pela Heineken (Crédito: Divulgação)

Os brinquedos patrocinados pelas marcas Itaú (roda-gigante), Heineken (tirolesa), Ipiranga (montanha-russa) e Doritos (megadrop) mais uma vez são sucesso de público e tem suas vagas esgotadas nas primeiras horas de cada dia do festival. Os oito palcos espalhados pela Cidade do Rock também funcionaram como um atrativo a mais para o público: dos maiores e já consagrados Palco Mundo e Sunset, aos menores como os da Rock Street e do Rock District, todos acumularam um público animado para ver as atrações, das mais às menos famosas. O Digital Stage colocou influenciadores em contato direto com seu público e trouxe nomes de destaque do YouTube como Whinderson Nunes que cantou suas paródias ao vivo com uma legião de fãs. E o prometido show dos drones, inédito no País, tem encantado quem vai ao Rock in Rio, colorindo o céu com desenhos e até com o nome do Festival todas as noites.

Algumas atrações da edição deste ano merecem uma menção à parte porque tem gerado um retorno extremamente positivo do público. As ativações do Itaú, criadas pela Tudo, tem arrebatado quem vai à Cidade do Rock; filas formam-se, por exemplo, para tirar fotos com o fone gigante, instagramável, instalado pelo banco, ou nos balanços do Itaú. Mas um dos destaques do primeiro fim de semana do Rock in Rio ficou por conta de um show surpresa da Pablo Vittar na sexta-feira, 15, que gerou uma corrida de fãs assim que apareceu no espaço do Itaú. Os copos colecionáveis do banco, iluminados, também já são um sucesso certo desta edição do festival.

Ativação da Coca-Cola virou um palco a parte no Rock in Rio (Crédito: Filipe Costa)

Um outro palco inusitado que tornou-se um dos locais mais agitados do Rock in Rio é o espaço da Coca-Cola. Um banda composta por quatro bateristas e diversos músicos é a base para o show dos fãs: a cada rodada da ativação da Coca-Cola, cinquenta pessoas sobem na estrutura da marca para cantar junto com a banda uma música de sucesso. Curiosamente, o público tem lotado o espaço em frente à casa e cantado junto as canções, acompanhando a ativação e tornando o ponto da marca de refrigerantes um dos mais divertidos do evento. Assinada pela SRCOM, a ação foi criada com o auxílio de adolescentes que ajudaram a equipe da Coca-Cola e a empresa de live action a elaborar o projeto.

Após seus três dias de estreia, o Rock in Rio tem amanhã o evento educacional Rock in Rio Academy, que faz uma imersão no evento dentro da Cidade do Rock, apenas para inscritos no projeto. Na quinta-feira, 21, começa a segunda semana do festival que se encerra domingo, dia 24.

Publicidade

Compartilhe