Tecnologia domina ranking global BrandZ

Buscar

Marketing

Publicidade

Tecnologia domina ranking global BrandZ

Google (US$ 302,1 bilhões) e Apple (US$ 300,6 bilhões) se mantiveram nas duas primeiras posições, respectivamente, enquanto a Amazon (US$ 207,6 bilhões) assumiu a terceira colocação

Fernando Murad
29 de maio de 2018 - 12h15

As marcas de tecnologia são o destaque da edição 2018 do ranking global BrandZ Top 100 Marcas Mais Valiosas do Mundo, apresentado nesta terça-feira, 29, pela Kantar Millward Brown e WPP. As marcas de tecnologia representam 56% do valor das 100 principais marcas, cujo valor total atingiu o patamar recorde de US$ 4,4 trilhões, alta de 21%. As dez primeiras marcas – cinco delas são de tecnologia – têm valor somado de US$ 1,843 trilhão, contra US$ 1,383 trilhão no estudo anterior.

“Este foi o maior crescimento de valor das Top 100 marcas desde 2008. Houve um crescimento de 204% de 2006, quando o ranking começou, até 2018. As marcas de tecnologia e as que utilizam ferramentas online aumentaram a presença e dominam o ranking”, diz Eduardo Tomiya, CEO da Kantar Consulting para América Latina.

O Google se manteve na liderança, seguida novamente pela Apple. Já a Amazon conquistou o terceiro lugar, deixando a Microsoft em quarto. A Tencent, por sua vez, ingressou no Top 5, deixando o Facebook de fora (veja abaixo o ranking com os valores de marca das 10 primeiras colocadas). O domínio das marcas de tecnologia sobre as de consumo também contou com o desempenho positivo de Alibaba e e-Bay, além das já citadas Google, Apple, Amazon, Microsoft e Facebook.

O ranking listou neste ano quatro marcas pela primeira vez. São elas a empresa de telecomunicações norte-americana Spectrum (aparece na 27ª posição), a Uber (número 81), o Instagram (91) e a BCA (99), a primeira marca da Indonésia no ranking. Outra novidade do estudo é que pela primeira vez as marcas não americanas cresceram mais rapidamente, principalmente em função das marcas chinesas (14 empresas da China aparecem no Top 100 — veja um vídeo com as 100 primeiras marcas abaixo). Não há marcas brasileiras no ranking.

O valor total das 10 maiores marcas da China cresceu 47%, mais que o dobro das marcas dos Estados Unidos (23%). As marcas chinesas de crescimento mais rápido foram JD.com (que está em 59º lugar), com alta de 94%; Alibaba (número 9), crescimento de 92%; e Moutai (34), com incremento de 89%. Em termos de categorias, o maior crescimento foi do varejo, com alta de 35%.

O estudo combina dados financeiros da Bloomberg e da Kantar Millward Brown com opiniões de consumidores. No processo de coleta dos dados, os especialistas da Kantar observaram cinco pilares que ajudam a aumentar o valor das marcas: propósito bem definido, inovação, boa comunicação, experiência de marca e amabilidade (ser uma love brand).

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Eduardo Tomiya

  • facebook

  • Apple

  • Instagram

  • Microsoft

  • Google

  • Amazon

  • WPP

  • Uber

  • Moutai

  • Bloomberg

  • Alibaba

  • Tencent

  • Kantar Millward Brown

  • Kantar Consulting

  • BrandZ

  • e-Bay

  • Spectrum

  • BCA

  • JD.com

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”