Assaí assume naming rights do Brasileirão

Buscar
Publicidade

Marketing

Assaí assume naming rights do Brasileirão

Contrato entre a atacadista e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é válido até o fim de 2019, com possibilidade de prorrogação

Fernando Murad
17 de julho de 2018 - 15h38

Contrato é válido até o final de 2019 (crédito: divulgação)

A parada para a Copa do Mundo fez bem ao Campeonato Brasileiro da Série A. Após uma temporada sem um anunciante vinculado ao nome, o torneio retorna, nesta quarta-feira, 18, como Brasileirão Assaí – Série A 2018. O contrato entre o Assaí Atacadista e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é válido até o fim de 2019, com possibilidade de prorrogação. O valor não foi divulgado

Pelo acordo, a marca do Assaí passa a estar associada à logo do Brasileirão na divulgação de conteúdos oficiais e nas propriedades comerciais da competição, como o pórtico de apresentação dos times nos jogos, na placa central do gramado e nas placas no escanteio. O contrato prevê, ainda, a realização de ativações nas lojas da rede. A cota estava em aberto desde a temporada passada, quando a Chevrolet decidiu não renovar o contrato de patrocínio com a CBF. A montadora chegou a renomear 22 campeonatos estaduais nesta década, além das Séries A e B do Brasileirão.

Após duas temporadas patrocinando o Campeonato Paulista, o Assaí fará sua estreia na primeira divisão. “Toda a comunicação do Assaí é pensada a partir do mote ‘estar com você é o nosso negócio’ e acreditamos que estar no Brasileirão segue em linha com esse posicionamento. O Assaí vem em uma forte rota de expansão, aumentando cada vez mais a sua presença no País e ser a principal marca do maior campeonato de futebol do Brasil nos torna ainda mais presentes na vida dos nossos clientes”, disse Marly Lopes, diretora de marketing do Assaí Atacadista, em nota. Negócio de atacado do GPA, a rede possui 130 unidades em 18 estados, e registrou vendas brutas de R$ 20,1 bilhões em 2017, alta de 28%.

Segundo Gilberto Ratto, diretor de marketing da CBF, o acordo mostra a força do Brasileirão no mercado. “Estamos anunciando este novo passo com grande satisfação porque o campeonato mais equilibrado do mundo ganha um parceiro com enorme apelo e sucesso no relacionamento com público que consome futebol no Brasil”, afirmou Ratto, também em comunicado. O Assaí é, atualmente, o único patrocinador do Brasileirão. As marcas que aparecem nas placas nos estádios negociam diretamente com os detentores de direitos de transmissão e os clubes. A CBF, por sua vez, tem o patrocínio de Nike, Itaú, Vivo, Guaraná Antarctica, Mastercard, Gol, Ultrafarma, EF English Live e Cimed. 3Corações, Tecnhogym e Statsports também são parceiros da entidade.

Publicidade

Compartilhe

Veja também