Holding do BTG Pactual cria joint venture de esportes

Buscar

Marketing

Publicidade

Holding do BTG Pactual cria joint venture de esportes

Win the Game foca em operações de crédito, mandatos de compra e venda de clubes, projetos de reestruturação financeira e criação de receitas para clubes de futebol e ativos digitais 


21 de julho de 2021 - 19h49

Cláudio Pracownik, CEO da WIN, já atuou como vice-presidente de diversas áreas do Flamengo (Crédito: Divulgação)

A holding do BTG Pactual anunciou a joint venture com Cláudio Pracownik, empresário dono  da Fix Delivery Partners, para a criação da Win the Game (WIN). Ambas as partes irão deter 50% da nova empresa, que nasce para profissionalizar o setor dos esportes como entretenimento por meio de operações de crédito, mandatos de compra e venda de clubes, projetos de reestruturação financeira e criação de novas receitas para grandes clubes de futebol e negócios envolvendo ativos digitais. 

Pracownik será CEO da Win e o conselho terá como presidente Iuri Rapoport, sócio do BTG Pactual, que aponta que o objetivo do novo negócio é tratar o esporte como entretenimento e oferecer soluções inovadoras para fomentar negócios e conectar diversas partes do segmento à boas práticas de governança, inovação e crédito. Segundo a Sports Value, o esporte movimenta globalmente US$ 750 bilhões por ano e, com a expectativa de retomada dos eventos no pós-pandemia, as oportunidades de desenvolvimento no setor se expandem.  

Aliado à experiência profissional no mercado financeiro, Cláudio Pracownik, que já foi sócio do BTG Pactual, ocupou variadas vice-presidências no Flamengo e, inclusive, participou do processo de turnaround do clube.  “A proposta da empresa é gerar impacto positivo em todo o ecossistema de esporte e entretenimento: atletas, produtores e donos de conteúdo, distribuidores, patrocinadores e consumidores finais”, aponta o CEO. Além disso, ele reforça o desafio da disputa entre os esportes e e-sports e outros tipos de entretenimento pelo tempo dos consumidores.  

As demais cadeiras do conselho da WIN serão ocupadas por Nandikesh Dixit, associate partner do jurídico do BTG especializado em crédito e operações internacionais, e Marcello Macedo, advogado especializado em recuperações judiciais e falências. Já Juliana Roldan, atual partner do banco responsável pela área de contratos, e Felipe Andreu, associate partner do banco e integrante do departamento Jurídico, farão parte da diretoria da Win the Game. 

**Crédito da imagem no topo: Eugenesergeev/iStock

Publicidade

Compartilhe