Minute Media amplia ofertas de tecnologia e conteúdo

Buscar

Mídia

Publicidade

Minute Media amplia ofertas de tecnologia e conteúdo

Grupo oferecerá serviços de infraestrutura para publishers e lança o The Player’s Tribune no Brasil

Thaís Monteiro
18 de fevereiro de 2020 - 6h00

Depois de um ano com três aquisições de verticais de conteúdo no exterior, a Minute Media, grupo de tecnologia israelense dono da plataforma 90min, prepara um 2020 com lançamentos no Brasil tanto na área editorial quanto na tecnológica. De acordo com a empresa, em 2019 o grupo alcançou uma taxa de crescimento de 130% e, neste ano, quer dobrar a receita.

 

(Crédito: Divulgação/Minute Media)

Na área de tecnologia, a empresa prepara para o segundo trimestre o lançamento de um serviço que visa estender a infraestrutura tecnológica do Minute Media para demais publishers. Nos Estados Unidos, a empresa já tem um projeto semelhante que oferta a plataforma de conteúdo do grupo, como o player de vídeo, permitindo que o cliente possa reduzir os custos de operação. O novo serviço permitirá que o grupo Minute Media reformule todo o site do parceiro. No Brasil, essa nova frente de negócio deve chegar no final do ano.

“Nossa empresa é de tecnologia e construímos uma empresa de mídia em cima disso. Muito do que as empresas de mídia sofrem hoje com monetização e mudança de tecnologia, nós sofremos menos por conta da nossa expertise tecnológica. Da mesma forma, por termos verticais de conteúdo, entendemos as dores dos parceiros. Eles precisam aumentar a monetização e reduzir os custos”, explica Fábio Sá, gerente geral do 90min para o Brasil e América Latina.

Em 2o19, o grupo realizou uma série de aquisições de propriedades de conteúdo, como os sites Mental Floss, sobre cultura, The Big Lead, que realiza cobertura de campeonatos esportivos como NFL, NBA, MLB, MMA, WWE, de golf e universitários, e The Player’s Tribune, que publica textos produzidos por atletas. Já escreveram para o site Marta, Daniel Alves, Marcelo e Neymar. O The Player’s Tribune foi comprado em novembro e é a aposta da Minute Media no Brasil. A vertical já tem uma equipe brasileira que traduz e produz conteúdo em português e o grupo usará a força regional do 90min para impulsionar a marca.

“Faltava para eles a tecnologia para distribuição. Agora, dentro da nossa plataforma de tech, o potencial deles é infinito porque temos acesso global e temos o aparato tecnológico. Queremos juntar essa musculatura do 90min e entender onde estão as sinergias para ambos trabalharem juntos. Olhamos para essa aquisição como algo sensacional: juntar a voz do torcedor, representada pelo 90min, com a do atleta”, afirma o executivo.

O Mental Floos e o The Big Lead, não terão versões brasileiras, pois o conteúdo é voltado mais para o público norte-americano, diz Fábio. Mas além do The Player’s Tribute, o grupo estuda como trazer o Double Tap, propriedade de e-Sports, para o País. A vertical pode ser acessada do Brasil e já tem conteúdos traduzidos para o português. A intenção é iniciar a produção de conteúdo original neste primeiro trimestre.

“Estamos indo com cuidado, porque o Brasil é o segundo maior mercado de e-Sports e não queremos colocar as mãos antes dos pés. E queremos que ele opere independente da força dos 90min, então exige uma estratégia maior”, admite o executivo. Fabio adianta que a empresa está em negociações para novas aquisições e novos anúncios devem ser feitos ao longo do ano. As conversas acontecem em países como o Brasil e o México, cujo público fã de futebol é maior, e na Ásia.

Em relação à principal propriedade da casa – o 90min – a empresa espera um ano com novos projetos especiais patrocinados por marcas já que 2020 será marcado por grandes eventos esportivos como a Eurocopa em Londres, Copa América, Olimpíadas em Tóquio e demais campeonatos nos EUA. A vertical iniciou essa fonte de receita em 2016 e, desde então, já trabalhou com marcas como Ipiranga, 188BET, Budweiser, Hoteis.com, Hyundai, Listerine, Amstel, Lay’s e Kaiser. Antes disso, a receita de publicidade vinha por meio de negociações de mídia programática. Hoje, metade diz respeito a projetos especiais com patrocinadores.

**Crédito da imagem no topo: Lesly Juarez/Unsplash

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • fábio sá

  • ipiranga

  • hyundai

  • Kaiser

  • budweiser

  • Lay’s

  • Amstel

  • Listerine

  • Hoteis.com

  • MINUTE MEDIA

  • 188bet

  • tecnologia

  • Conteúdo

  • digital

  • esporte

  • receita

  • eSports

  • 90min

  • mental floss

  • the big lead

  • the player's tribune

  • double tap

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”