O que as marcas patrocinadoras vão fazer em A Fazenda?

Buscar

Mídia

Publicidade

O que as marcas patrocinadoras vão fazer em A Fazenda?

Reality estreia na Record com Americanas, Aurora, Banco Original, Brahma, Seda e Tiktok como parceiros

Valeria Contado
14 de setembro de 2021 - 17h51

Adriane Galisteu comanda a 13ª edição de A Fazenda (Credito:Reprodução)

A 13ª edição de A Fazenda estreia na noite desta terça-feira, 14. O reality mais robusto exibido pela Record  TV já conta com seis parceiros comerciais que irão participar de todo o desenvolvimento do programa, que deve durar até dezembro.

Sob o comando da apresentadora Adriane Galisteu – que assume o reality após a saída de Marcos Mion – Americanas, Aurora, Banco Original, Brahma, Seda e Tiktok irão fazer ativações e abrir conversas com o público.
Esse é um pensamento do Tiktok, que, pelo segundo ano consecutivo, promete uma entrega de muito conteúdo durante todo o reality, além trazer A Fazenda para mais perto dos espectadores. As iniciativas da plataforma começaram antes mesmo do programa, revelando alguns participantes de forma exclusiva.

Nessa segunda-feira, 13, começou a ser exibido o Paiol TikTok, mini-reality show paralelo que tem Rodrigo Faro como apresentador. Na atração, quatro participantes disputam a última vaga para entrar na sede. Todo o processo, inclusive a votação, acontecerá por meio da plataforma. O vencedor entrará no programa durante a festa na próxima sexta-feira, 17.

Durante a edição do reality, o Tiktok será um canal de interação com os participantes. Os peões participarão de challenges e poderão acessar conteúdos do app para ajudar na produção dos conteúdos próprios, se tornando parte do dia a dia dos peões através do conteúdo e dos espectadores com votações e interação. Além disso, o ArraLive do Fazendeiro permanecerá como um formato dessa edição.

As ações foram pensadas pela agência Publicis, que explica que o Tiktok irá dar mais protagonismo ao público. “TikTok vai permitir que a atração da Record TV saia da grande tela diretamente para a mão da audiência”, avalia Maurício Almeida, VP de Mídia da Publicis.

É um fato que as marcas já entenderam que os realitys são uma forma de gerar engajamento com o público. O levantamento “Reality Show: Conectando o Brasil”, publicado em agosto deste ano revelou que houve um crescimento total da audiência digital na categoria reality show de 20% na comparação com 2019. E pensando nisso, o Banco Original decidiu ampliar a sua participação nos momentos diários de A Fazenda.

O banco digital esteve presente na divulgação do programa mesmo antes do início da competição. Por meio de suas redes sociais, o Original mostrou ao público, de forma exclusiva, a nova sede do reality, que foi reformada para essa edição. A financeira também estará presente em conversas nas diferentes plataformas de comunicação da Record.

O Original, em parceria com a agência Heads, pretende alcançar cada ver mais awereness. E para reforçar a presença no reality, a marca estará presente na estreia, com Bruno Sigrist que irá interagir com os participantes no primeiro dia de confinamento, e na final, já que o prêmio de valor maior que R$1,5 milhão está aplicado no CDB Turbo do Original, um dos novos serviços da cesta da instituição. A marca estará presente, ainda, em uma das provas do Fazendeiro.

Para Cintia Hachiya, superintendente executiva de marketing do Banco Original, as ativações da instituição nesta edição de A Fazenda, amplia a experiência, em relação a parceria que vem desde o ano passado. “O Original é muito mais que apenas um patrocinador, é um dos participantes”, avalia.

Também para aproveitar as conversas geradas pelo reality, a Seda decidiu participar pela primeira vez do programa, e chega como um dos patrocinadores masters da competição. A marca será responsável por cuidar dos cabelos dos peões durante a edição, além de marcar a sua exposição por meio de ativações e provas.

Com essas inserções, a Seda busca, também, reforçar que a marca apoia meninas e mulheres a explorarem seu potencial ilimitado, referindo-se ao empoderamento feminino através de seus cabelos. “Os realities têm dominado as conversas dos brasileiros e nós de Seda queremos participar dessas conversas e estar cada vez mais próximos dos nossos consumidores”, explica Rafael Turziani, gerente de marketing de Seda.

Já a Aurora, prefere manter a surpresa a respeito das 10 ações que serão exibidas durante a edição, mas promete que serão uma forma de divertir os peões e o público.

Para a Americanas, participar do reality é uma forma de estar presente na rotina do público, além de reforçar que os clientes podem contar com os serviços em todos os momentos. Para essa edição, a marca trará ações que devem gerar engajamento com os peões e com quem está assistindo, além de divulgar suas promoções. “O patrocínio também fortalece o propósito da Americanas de estar em todos os cantos do país e presente na vida de todos os brasileiros”, comenta Briza Bueno, head de marketing da Americanas.

Publicidade

Compartilhe