Ovos de marca própria são a alternativa do Carrefour para a Páscoa

Buscar

Ovos de marca própria são a alternativa do Carrefour para a Páscoa

Buscar
Publicidade

Marketing

Ovos de marca própria são a alternativa do Carrefour para a Páscoa

Grupo supermercadista destaca produtos de linha própria nos pontos de venda e commerce como opção diante da alta dos preços dos chocolates


22 de março de 2024 - 16h42

Além dos coelhos, dos chocolates e dos preparativos para reunir a família, vem se tornando tradição na Páscoa brasileira a reclamação do aumento nos preços dos ovos e chocolates. Neste ano, quem está procurando os itens em supermercados e lojas têm, de fato, razão em apontar a alta.

Carrefour Páscoa

Produtos da marca própria da rede ganharam destaque na comunicação do Carrefour nesta Páscoa (Crédito: Divulgação)

De acordo com estudo divulgado nesta sexta-feira, 22, pela XP, que tem como base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), os compradores de chocolates em barra e bombons deverão gastar 3,63% a mais neste ano do que no ano passado.

O Procon-SP realizou um levantamento de preços nos dias 11, 12 e 13 de março e encontrou variações de até 160% nos ovos de Páscoa, em diferentes pontos de venda.

Diante deste cenário, o Carrefour decidiu, nesta Páscoa de 2024, dar protagonismo aos ovos de Páscoa de sua marca própria. O item não é novidade: há quatro anos, ovos de Páscoa Carrefour são oferecidos nas lojas da rede, ao lado de chocolates de outras marcas. Neste ano, no entanto, com a inflação nos chocolates, o grupo tem visto a oportunidade de investir na comunicação e no marketing de sua linha própria.

“A função de nossa marca própria é dar às pessoas acesso a produtos de qualidade, com menor custo”, explica Ricardo Lindenberg, diretor de marca própria do grupo Carrefour. De todas as vendas realizadas pelas lojas, os produtos com selo do próprio Carrefour já respondem por 21%, de acordo com o executivo.

Neste momento, com os preços dos ovos de Páscoa em alta, o grupo procurou apresentar uma alternativa mais competitiva com seus produtos, que ganharam destaque nos pontos de venda. Assim como nos anos anteriores, a companhia investe em licenciamentos, oferecendo, por exemplo, ovos de Páscoa dos Vingadores.

“Conseguimos, pelo fato de serem produtos nossos, uma exposição privilegiada para a nossa marca, com novos personagens e licenciamentos. Achamos que é uma forma de oferecer uma alternativa mais acessível às pessoas, em um momento de alta de preços”, pontua o executivo. Além dos ovos de marca própria, a rede mantém a comercialização das demais marcas de fabricantes nacionais e internacionais.

Páscoa e marca própria

O porta-voz conta que, para que o grupo trabalhe a marca própria dos ovos de Páscoa, são necessários meses de planejamento e de negociações com os fornecedores.

“Não apenas com os ovos de Páscoas, mas com todos nossos produtos de marca própria, a qualidade é fundamental. Não adianta ter o preço convidativo porque, se o produto não for bom, o cliente não compra mais”, pontua.

No caso dos Ovos de Páscoa, Lindenberg explica que o Carrefour realiza testes sensoriais e provas para definir os fornecedores dos chocolates. Segundo ele, enquanto o grupo ainda está no período de vendas da Páscoa deste ano, já foi negociado o contrato com o fornecedor para os ovos de marca própria na Páscoa 2025.

Campanha interativa

Para promover os produtos de marca própria da Páscoa, o Carrefour investiu, além da decoração nos pontos de venda das lojas físicas, em uma ferramenta interativa ligada ao seu canal de e-commerce.

Por meio de um vídeo, que mostra um pai e sua filha fazendo compras em uma loja do Carrefour, os consumidores poderão selecionar os produtos exibidos e colocar no carrinho do e-commerce.

A campanha foi idealizada pela produtora Popfilmes e viabilizada pela AD Digital.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Estudo da MindMiners revelou que a tendência de mudança de comportamento está relacionada a fatores como falta de interesse e sabor das bebidas

  • Zamp avança para explorar a marca Starbucks no Brasil

    Zamp avança para explorar a marca Starbucks no Brasil

    Empresa, proprietária de Burger King e Popeyes, está próxima de firmar acordo para operar as 140 lojas da rede de cafeterias no Brasil