Após anunciar Parintins, Globo cancela transmissão de festival

Buscar

Após anunciar Parintins, Globo cancela transmissão de festival

Buscar
Publicidade

Mídia

Após anunciar Parintins, Globo cancela transmissão de festival

Empresa de mídia diz que não chegou a um acordo com a detentora oficial do evento, que acontece de 28 a 30 de junho


13 de junho de 2024 - 19h27

Globo Parintins

(Crédito: Divulgação)

No início da noite desta quinta-feira, 13, a Globo divulgou comunicado informando que não chegou a um acordo com a detentora dos direitos para transmitir o Festival de Parintins, que acontece nos próximos dias 28, 29 e 30 de junho.

No início de maio, a emissora usou as redes sociais e sua programação para noticiar que faria a transmissão do evento cultural a todo o Brasil e que a exibição seria realizada pela Rede Amazônica, parceira da empresa na região Norte.

O próprio governador do Amazonas, Wilson Lima, declarou que a Globo exibiria a festa de Parintins para todo o Brasil.

Nesta quinta-feira, 13, contudo a Globo afirma que não chegou a um acordo com a detentora dos direitos do festival (nesse caso, a TV A Crítica, do Amazonas).

A Globo afirma que “continua interessada em exibir nas suas diversas plataformas, para todo o Brasil e para o mundo, a festa do folclore dos povos da floresta e manterá sua cobertura de jornalismo local e nacional do evento”.

Veja, abaixo, o comunicado da Globo na íntegra:

“A Globo iniciou conversas para a transmissão do Festival de Parintins, mas não conseguiu chegar a um acordo com a detentora dos direitos de exibição do evento. A Globo continua interessada em exibir nas suas diversas plataformas, para todo o Brasil e para o mundo, a festa do folclore dos povos da floresta e manterá sua cobertura do jornalismo local e nacional do evento. A riqueza cultural da região esteve sempre presente na programação da Globo, seja através da cobertura local, na beleza de suas histórias e cenários representados na dramaturgia ou pelos artistas e personalidades presentes em programas, musicais e realities.

A formalização do nosso interesse tinha como objetivo integrar o Festival de Parintins ao portfólio de grandes transmissões da Globo, palco das principais festas culturais e populares brasileiras. O evento continuará presente na cobertura nacional do jornalismo da Globo e da Rede Amazônica.”

Efeito Isabelle Nogueira e interesse das marcas

Uma das razões que fez a Globo se interessar ainda mais pelo Festival de Parintins este ano foi a presença de Isabelle Nogueira, cunhã-poranga do Boi Garantido, no Big Brother Brasil.

A terceira colocada no reality em 2024 falou bastante, durante o confinamento, sobre o festival de Parintins, bem como exibiu a dança e descreveu a celebração da festa que coloca em disputa os bois Garantido e Caprichoso.

Considerado um dos principais eventos culturais do País, Parintins costuma atrair a visibilidade e o interesse de diversas marcas.

Neste ano, o Boticário, que apoia o Festival deste 2018, anunciou o patrocínio ao evento ao assumir a responsabilidade pela beleza do festival, com ações antes, durante e depois da festa. A marca promete, inclusive, levar o azul e o vermelho, característicos dos bois, para sua identidade visual.

Depois, foi a vez da Coca-Cola apresentar suas ações, também como parceira do Festival. A companhia também é parceira recorrente do Festival. Segundo dados internos, nos últimos dez anos, mais de R$ 30 milhões teriam sido investidos em ações como destinação correta de resíduos e ativações de mídia.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Crunchyroll redesenha identidade de marca para globalizar o anime

    Crunchyroll redesenha identidade de marca para globalizar o anime

    Com parcerias com Amazon e Netflix, o streaming quer consolida presença no mercado de animações orientais

  • Participação do streaming atinge recorde nos Estados

    Participação do streaming atinge recorde nos Estados

    De acordo com relatório da Nielsen, meio foi responsável por 40,3% de todo o consumo televisivo em junho