Answer Engine Optimization (AEO) será o futuro do SEO?

Buscar

Answer Engine Optimization (AEO) será o futuro do SEO?

Buscar
Publicidade

Opinião

Answer Engine Optimization (AEO) será o futuro do SEO?

A democratização da inteligência artificial, marcada pela popularização do ChatGPT, está abalando as estruturas de tudo o que conhecemos — e impactará mais no futuro, porque este é um movimento que está apenas começando


26 de abril de 2023 - 14h00

Trafego_SEO_site-cred-Visual Generation - shutterstock

(Crédito: Shutterstock)

Junto com o GPT, temos o iminente Google Bard (cujo beta está disponível para alguns usuários em alguns países) e o próprio Bing (já disponível no seu navegador Edge). Todos os grandes estão apostando em interfaces conversacionais como um complemento às já conhecidas buscas. Qual é o futuro do SEO diante dessas grandes mudanças? Será que teremos um novíssimo Answer Engine Optimization (AEO)?

Resolvi perguntar ao ChatGPT o que ele pensava a respeito, o que você pode ver a seguir:

ChatGPT, você está muito popular! As pessoas de SEO estão se perguntando se o futuro do SEO será Answer Engine Optimization (AEO). O que você acha?

Ele então me responde:

Olá! Obrigado pelo elogio! Quanto à sua pergunta, é possível que o Answer Engine Optimization (AEO) se torne uma parte importante do SEO no futuro.

Depois, ele escreveu ainda dois parágrafos defendendo a tese, que eu não trarei aqui para economizar o tempo de vocês — mas que é fácil perguntar lá. Mas a pergunta que fica é… será que ele está certo? Será que o futuro é o tal do Answer Engine Optimization (AEO)?

O fim do SEO?

Trabalhando na indústria do SEO há quinze anos, já vi todas as previsões que decretavam o fim do SEO. As teses mais recentes são as buscas por voz e o TikTok como concorrente do Google, e agora chegou a vez Inteligência Artificial. Vi muitos profissionais da área se alvoroçarem em torno do tema, preocupados com a nova morte do SEO.

A grande diferença dessa tendência para as outras duas é que a inteligência artificial em interfaces conversacionais tem muito mais chances de emplacar. Sim, isso é uma opinião pessoal que pode ser reforçada pela adoção do ChatGPT, que em três meses alcançou a marca de 100 milhões de usuários e que no mês de março atingiu a marca de 1,5 bilhões de visitantes mensais (Similarweb). Quem ainda duvida do seu poder?

Por isso, os futorólogos já correm para dizer que o fim do SEO está decretado e que, desta vez, será enterrado pelo ChatGPT. Ou pelo Google Bard. Será?

A inteligência artificial sem dúvida mudará as nossas vidas e mudará a forma com que se faz a engenharia das buscas, mas o SEO está cada vez mais importante do que nunca.

O Answer Engine Optimization é viável, mas até que ponto?

Neste momento, você já deve saber que o Answer Engine Optimization é bastante viável como uma nova estratégia de SEO— mas vale dizer que ele não irá substitui-lo tal como nós conhecemos, porque as plataformas conversacionais ainda têm uma série de limitações.

A primeira delas é que o ChatGPT é, muitas vezes, um verdadeiro mitômano: ele cria histórias para fatos que desconhece, afirmando categoricamente coisas que são falsas. O ChatGPT, embora muito útil para diversas coisas, é (ainda) uma fonte ineficaz de informação confiável.

Sim, ele traz coisas verdadeiras, mas quem confiaria descer a serra em um carro cujo freio funciona 95% das vezes?

Temos ainda, e mais importante, o fato de que o Google, que tem 89 bilhões de usuários mensalmente, está enraizado como um hábito no consumidor. Este hábito indica um destino natural ao ter alguma dúvida, assim como um costume em relação aos resultados. Como todo hábito, sabemos que ele é difícil mudar.

Embora seja cedo para entendermos o desenvolvimento dessa nova interface, o ChatGPT está incomodando o Google e já está trazendo resultados para o Bing da Microsoft, que já ganhou market share com a implantação de sua interface de chat movida pela inteligência da Open AI.

Segundo a Reuters, as visitas ao Bing aumentaram 15,8% desde que a Microsoft lançou sua interface movida por inteligência artificial em 7 de fevereiro, comparado com uma queda de quase 1% para o Google. Os dados são preliminares e foram contabilizados até o dia 20 de março.

Como seria uma estratégia de Answer Engine Optimization?

O grande objetivo do SEO é ser a melhor resposta para o usuário: seja com um link azul, seja com featured snippets (resultados que trazem a resposta na própria página de resultados) ou seja, agora, com as interfaces conversacionais. O objetivo em ambos os casos é ser a primeira resposta para o usuário, o que pode funcionar tanto quanto por a empresa ser indicada na resposta, quanto por defender um ponto de vista favorável a ela.

Perguntei o seguinte:

Qual o melhor celular do mundo para quem gosta de jogos?

A primeira resposta foi um celular da Asus, seguido pelo iPhone Pro Max e pelo Galaxy Ultra. Vale dizer que a base do ChatGPT não é atualizada desde setembro de 2021, o que influencia os resultados. Agora a pergunta que eu faço é: qual não é o valor para a Asus de ser listada à frente do iPhone?

A estratégia de SEO focado em Answer Engine Optimization é, portanto, criar semântica na web para isto refletir posteriormente nas respostas do chat, bem como das buscas — que irão refletir o senso comum. Portanto, para estar no topo das buscas (ou das respostas) o desafio continua sendo ser uma marca relevante e otimizada para o consumidor, não para mecanismos de busca.

Tudo vai mudar. Os princípios continuarão os mesmos.

Publicidade

Compartilhe

Veja também