Coleta de dados: o que é e como realizar uma eficiente?

Buscar
Publicidade

Notícias

Coleta de dados: o que é e como realizar uma eficiente?

A coleta de dados é um processo crucial para as empresas, assim como a organização e a transformação desses dados em insights poderosos

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


11 de maio de 2023 - 17h00

O que é e como fazer uma coleta de informações de dados?

O que é e como fazer uma coleta de informações de dados?

A coleta de dados é um processo crucial em qualquer área, seja ela científica ou corporativa. 

Com o volume de dados em constante crescimento, empresas e organizações estão investindo em profissionais da área para ajudá-las a reunir, analisar e interpretar informações valiosas.

A partir delas, é possível tomar decisões informadas e tecnicamente embasadas.

Uma abordagem cuidadosa nessa coleta também é necessária para obter uma pesquisa precisa e completa, com informações confiáveis e imparciais.

Existem diversas maneiras de coletar dados, desde a realização de entrevistas até a coleta por meio de ferramentas modernas de análise e organização. 

Acompanhe as principais notícias do marketing com Meio & Mensagem 

Leia também:

O que é coleta de dados e para que ela é utilizada?

A coleta de dados é um processo utilizado pelas empresas para obter informações que possam ser usadas em estratégias para melhorar as ações da companhia. Eles podem ser coletados de fontes diversas, mas o ponto principal é saber como transformá-los em insights.

Os dados são gerados a todo o momento e estão em todo lugar, por isso cabe às empresas criar estratégias de coleta eficientes, além de contar com profissionais capacitados para lidar com eles.

A estratégia data-driven, ou orientada por dados, é a mesma utilizada por marcas influentes para evoluir.

Cabe destacar, ainda, os três tipos de coleta de dados: periódica, contínua e ocasional.

A períodica acontece em ciclos de determinados períodos de tempo, como, por exemplo, de dois em dois anos. A contínua acontece em tempo real e a ocasional não se preocupa com a periodicidade.

Quais são as ferramentas mais utilizadas para a coleta de dados?

Exemplos de ferramentas utilizadas para a coleta de informações

Exemplos de ferramentas utilizadas para a coleta de informações

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta de monitoramento com a qual é possível acompanhar métricas importantes para a empresa.

A coleta ocorre através de sites e aplicativos e, com isso, o empreendedor consegue gerar informações importantes para entender o comportamento do consumidor, levantando dados sobre a sua navegação.

É possível, por exemplo, medir o tempo de permanência dele em determinada página e acompanhar o desempenho de um conteúdo.

A ferramenta também oferece recursos que permitem organizar essas informações em relatórios e análises.

Além de ser gratuito, o Google Analytics oferece a possibilidade de integração com outras ferramentas, páginas e sites.

CRM

O CRM é um sistema de integração e armazenamento de dados para organizar o processo comercial de uma empresa.

Mas, além disso, ele abrange os pontos de contato de um consumidor, isto é, marketing, atendimento e vendas.

Por meio dele, é possível gerenciar leads e armazenar todos os dados e históricos que podem gerar novas vendas no futuro.

O software integra informações, organiza e centraliza milhões de dados em um só lugar.

Pesquisas e questionários digitais

As pesquisas e questionários coletam a opinião direta do consumidor e, por isso, são muito ricas em informações, seja de forma quantitativa ou qualitativa.

Podem ser realizadas de forma digital, por meio de plataformas específicas e formulários, mas também no meio offline.

Sua maior desvantagem é que em grande parte dos casos é preciso contar com a vontade do consumidor e muitas pessoas optam por não responder esse tipo de pesquisa.

UpMiner

O UpMiner é um programa de mineração de dados que utiliza inúmeras fontes da internet para gerar informações relevantes para a empresa.

Por meio da tecnologia do Big Data, o software é capaz de criar relatórios e análises completas a partir do objetivo do usuário.

Quais são as vantagens de fazer a coleta de dados?

Quando todo o processo de coleta de dados é feito de maneira correta, as empresas podem se beneficiar, pois as informações são capazes de mudar o rumo de uma companhia.

O objetivo de ser uma empresa que se orienta por dados não é apenas crescer, mas sim tornar o seu crescimento exponencial.

As estratégias de uma marca podem ser organizadas a partir de dados relevantes tanto na busca de oportunidades, quanto na melhoria da experiência do consumidor e nas estratégias de venda, por exemplo.

Todas as áreas de uma empresa e a companhia como um todo podem se beneficiar de uma cultura voltada para o melhor aproveitamento dos dados.

O que mudou com a LGPD?

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) foi sancionada com o objetivo de trazer mais segurança de dados dentro dos negócios, regulamentar o uso de dados pessoais e proteger os consumidores e empresas de possíveis vazamentos.

Com as novas regras, foi preciso se adaptar com sistemas de organização e classificação de dados, além de identificar para o usuário quais informações estão sendo coletadas.

Quais são as metodologias para a realização da coleta de dados?

Quais são os métodos de coleta de dados?

Quais são os métodos de coleta de dados?

Pesquisa

O primeiro passo é determinar o tipo de pesquisa, que pode ser exploratória ou explicativa. 

No primeiro caso, o objetivo é focar nas causas e consequências, enquanto no segundo é explicar em detalhes, por meio de pesquisas aprofundadas, o porquê dos resultados. 

Amostragem

A amostragem pode ser probabilística ou não probabilística. Isto é, no primeiro caso há um critério imparcial de escolha dos respondentes, já o segundo é um modelo no qual há a escolha não aleatória dos participantes.

Abordagem

Outra metodologia de coleta de dados diz respeito à abordagem. A quantitativa utiliza técnicas estatísticas e cálculos enquanto a qualitativa leva em conta o lado subjetivo que está além dos números, como ideias e percepções.

Como fazer coleta de dados?

Ao final de tudo isso, o objetivo é saber como fazer uma coleta de informações com base no objetivo do negócio.

Saber quais informações coletar e por quais motivos elas serão necessárias é o mais importante para começar.

Um passo a passo envolveria:

  • 1 – definir o objetivo da coleta, e o público-alvo que será pesquisado;
  • 2 – fazer um planejamento das ferramentas e softwares que serão utilizados;
  • 3 – realizar uma análise apurada das informações coletadas a fim de obter os insights e informações necessárias;
  • 4 – estudar a melhor maneira de aplicá-las ao negócio.

Resumo do tema

As companhias possuem inúmeras maneiras de se beneficiar do grande volume de dados disponíveis na atualidade.

É possível fazer essa coleta de diferentes maneiras, tanto a partir de ferramentas quanto de pesquisas que utilizam metodologias distintas, sempre respeitando as normas impostas pela LGPD.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Quando os “carros voadores” decolarão no Brasil?

    Quando os “carros voadores” decolarão no Brasil?

    Os eVTOLs prometem revolucionar a mobilidade urbana nos próximos anos, mas a falta de regulamentação e o alto investimento ainda são entraves ao setor

  • EY aponta a mudança da realidade no trabalho

    EY aponta a mudança da realidade no trabalho

    Flexibilidade, IA e wellbeing são os temas prioritários, detalhados pelo sócio de consultoria em gestão de pessoas da EY Brasil, Oliver Kamakura