Carrefour inicia parceria com a “Amazon Go” brasileira

Buscar

Marketing

Publicidade

Carrefour inicia parceria com a “Amazon Go” brasileira

Mercado autônomo em São Paulo foi desenvolvido pela startup Zaitt e passa a contar com o apoio operacional do grupo varejista

Luiz Gustavo Pacete
27 de março de 2019 - 6h00

 

Loja da Zaitt instalada na região do Itaim Bibi, em São Paulo (Crédito: Divulgação)

O Carrefour fechou uma parceria com a startup Zaitt, especializada em tecnologias de automação. O objetivo é a operação em conjunto do primeiro mercado 100% autônomo brasileiro, localizado no Itaim Bibi, em São Paulo. A primeira unidade do projeto foi criada no ano passado no Espírito Santo. Com foco em food service, snacks, bebidas, produtos de limpeza, higiene pessoal e orgânicos, o mercado funciona 24h.

“Estamos testando novos conceitos, inovações e tecnologias para melhorar a experiência de compra e alcançar novos clientes. Assim como fazemos globalmente, iremos estreitar parcerias com empresas e startups que nos tragam novas tecnologias e competências para acelerar a nossa transformação digital e gerar escala para serviços e soluções realmente inovadores”, destaca Paula Cardoso, CEO do Carrefour eBusiness Brasil.

A base da autonomia está no aplicativo da Zaitt que possui sistema de pagamento e exclui a necessidade de caixas e filas. O próprio cliente controla a jornada dentro do mercado que conta com câmeras e sensores que monitoram cada ação e reconhecem quem está no ambiente em tempo real. Diferentemente da unidade da Zaitte em operação no Espírito Santo — que faz uso do formato Scan&Go com a leitura do QR Code do produto via aplicativo — na loja de São Paulo o cliente conta uma nova experiência chamada RFID. Um sistema de identificação de produtos automático por meio de sinais de rádio.

“Compreendemos a unidade de São Paulo como um marco não só nacional, como também em âmbito global. Estamos radiantes com a oportunidade de trazer uma experiência de compra inovadora e completa aos clientes. E, claro, termos um parceiro como o Grupo Carrefour nessa jornada nos traz ainda mais energia para continuar criando formas de revolucionar o varejo”, diz Rodrigo Miranda, cofundador da Zaitt. A loja possui o mesmo conceito da Amazon Go, loja inteligente da Amazon, lançada em 2018 e que permite total autonomia aos consumidores.

AmazonGo é o formato de mercado autônomo da Amazon nos Estados Unidos (Crédito: Reprodução)

A parceria com a Zaitt é uma das dezenas de projetos envolvendo o Carrefour eBusiness Brasil (CeBB), nova unidade de negócios focada em e-commerce de alimentos do grupo criada em fevereiro deste ano. O movimento do Carrefour Brasil está em linha com a estratégia da companhia de tornar-se cada vez mais digital. O grupo mantém no Brasil, desde dezembro, um plano piloto da tecnologia Scan & Go. O sistema permite que o cliente realize suas compras na loja física e efetue o pagamento via aplicativo no celular sem a necessidade de passar pelo caixa.

Concorrente direto do Carrefour, o Walmart é outro varejista que caminha para tornar-se cada vez mais uma empresa de tecnologia. De acordo com Jeremy King, vice-presidente de tecnologia do Walmart, em entrevista à Bloomberg em janeiro, o objetivo da rede é contratar dois mil especialistas em tecnologia em 2019. Entre as vagas a serem preenchidas estão cientistas de dados, engenheiros de software e designers que trabalharão em nove escritórios da rede sendo os principais Vale do Silício, nos Estados Unidos, e Bangalore, na Índia.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • e-commerce

  • varejo

  • Inovação

  • tecnologia

  • Carrefour

  • Zaitt

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”