Comida di Buteco celebra 20 anos com novos patrocinadores

Buscar

Marketing

Publicidade

Comida di Buteco celebra 20 anos com novos patrocinadores

Ambev, Perdigão, Santander, Coca-Cola e McCain trazem novidades para o evento

Amanda Schnaider
2 de abril de 2019 - 9h58

O concurso que elege o melhor boteco do Brasil chega à sua 20ª edição com o patrocínio oficial de Ambev, BRF (Perdigão), Santander (Getnet), Coca-Cola e McCain. O Comida di Buteco, que teve seu início nos anos 2000 em Belo Horizonte, acontece de 12 abril a 12 de maio em mais de 600 estabelecimentos de 21 cidades brasileiras. Entre elas, as capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belém, Belo Horizonte, Manaus, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Florianópolis.

 

Petisco do Bar do Jão, localizado no bairro da Penha em São Paulo, está participando do concurso (Crédito: Divulgação/Comida di Buteco)

A Ambev está na competição pela 18ª vez, sendo três anos com a marca Brahma Extra como cerveja oficial do evento. De acordo com a assessoria da companhia, em comunicado, o objetivo da parceria é estimular os consumidores a participar do evento com amigos e familiares.

Já para a Cia Muller de bebidas, que participa pelo segundo ano consecutivo, afirmou em nota que nesta edição os estabelecimentos participantes receberão materiais e descontos exclusivos dos rótulos de Reserva 51, além de ações promocionais para o consumidor como a compra do menu-degustação para ganhar um copo de dose personalizado.

A Trident apoia pela sétima vez consecutiva o Comida di Buteco. De acordo com Julia Salgado, gerente de marketing de gomas da Mondelēz Brasil, participar do concurso “possibilita uma grande oportunidade de mostrar ao consumidor que a goma pode ser consumida em qualquer hora do dia ou ocasião”. Em comunicado, a executiva ainda reforça que a parceria incentiva o potencial empreendedor desse segmento, exibindo mais uma opção de produto que pode fazer parte do negócio.

Pela primeira vez no evento, a Perdigão é a patrocinadora máster do concurso e afirma, em nota, que promoverá o “Desafio Perdigão”: uma premiação paralela para a criação de um petisco com a calabresa da marca. As comidas desse desafio também serão avaliados pelos jurados do Comida di Buteco e o boteco vencedor de cada cidade receberá um prêmio em dinheiro.

Outra marca estreante na competição é a Coca-Cola. Raoni Lotar, gerente sênior da companhia, afirma que a parceria com o Comida di Buteco reforça o propósito da marca de promover e celebrar momentos de confraternização. “Queremos estar cada vez mais presentes, facilitando a vida do consumidor e expandindo sua experiência com a marca”, comentou Lotar em comunicado.

O Santander também participa pela primeira vez do concurso e, em nota, a companhia alega que esta iniciativa faz parte da estratégia de patrocínios do banco, que tem como objetivo associar a marca a eventos de gastronomia, além de gerar negócios desde o produtor até o consumidor final. Patricia Audi, vice-presidente executiva de comunicação, marketing, relações institucionais e sustentabilidade do Santander, reforça essa ideia, “enxergamos a gastronomia como uma grande forma de expressão de nosso povo, além de representar uma cadeia geradora de empregos e renda”. De acordo com a assessoria, o banco realizará ações nas premiações das 21 cidades com entrega de kits e brindes. Em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, também terá uma “gifmachine”, que captura gifs dos consumidores.

Além dessas marcas, o evento ainda conta com o apoio da Président, Zero-Cal, Chandon, Dickies, Abrasel, BaresSP, FAM, Uber, Grand Mercure, Grupo JChebly, Metro, MCB, Governo do Estado de São Paulo, Novotel, São Paulo Turismo, Rádio Globo, Zomm e Rede Globo. De acordo com a organização da competição, o Comida di Buteco é totalmente viabilizado com investimento de empresas e nenhum estabelecimento — classificados como “espontâneos” por não pertencerem a redes ou franquias — paga para participar, assim como, ninguém é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores.

Comida di Buteco 2017, São Paulo (Crédito: Elias Gomes)

A disputa acontece em duas etapas. Na primeira, os bares criam petiscos especiais para a ocasião com o preço unificado de R$ 20 por porção, em homenagem aos 20 anos da competição. Serão avaliados por um corpo de jurados formados por profissionais de mídia, especialistas técnicos e público, em quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%. Nesta etapa, cada cidade elege um campeão, que participa da fase final junto a todos vencedores regionais, em junho. Segundo a companhia, o “melhor buteco do brasil”, escolhido em julho, é eleito por um novo grupo de jurados que não participou da primeira etapa.

*Crédito da imagem no topo: Divulgação/Comida di Buteco

Publicidade

Compartilhe