Lollapalooza Brasil pode ser adiado para segundo semestre

Buscar

Marketing

Publicidade

Lollapalooza Brasil pode ser adiado para segundo semestre

Comunicado obtido pela Folha de S. Paulo informa aos patrocinadores que a T4F, organizadora do festival, trabalha com autoridades locais na mudança de data

Thaís Monteiro
12 de março de 2020 - 18h09

*Atualizada às 18:52

Nesta quinta-feira, 12, depois de uma série de anúncios postergando a realização do Lollapalooza Chile e, em seguida, Argentina, foi especulado o adiamento do Lollapalooza Brasil fem decorrência da pandemia do novo coronavírus. Segundo informações obtidas pelo jornal Folha de S. Paulo, a Time For Fun, organizadora do evento no Brasil, emitiu um comunicado aos patrocinadores anunciando que trabalha com as autoridades públicas e sanitárias para analisar datas alternativas ainda este ano, mas no segundo semestre. No entanto, marcas patrocinadoras desta edição do festival consultadas pelo Meio & Mensagem afirmam não ter recebido tal posicionamento da T4F até o momento.

 

Nona edição do festival já tinha lineup e time de patrocinadores e apoiadores anunciados (Crédito: Divulgação/Facebook)

O festival, que este ano chegaria a sua nona edição, estava marcado para os dias 3, 4 e 5 de abril no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os headliners previstos eram Guns N’ Roses, Lana del Rey, Travis Scott, Martin Garrix, The Strokes e Gwen Stefani.

O Lollapalooza Brasil também já contava com patrocínio máster de Bradesco, Next, Budweiser, Chevrolet, Adidas, Doritos e Vivo; patrocínio da Coca-Cola; e apoio de Tanqueray, Colgate Plax, Samsung Galaxy e Prevent Senior; Deezer é o player oficial e Globo, Multishow, 89 Rádio Rock e Rádio Mix os parceiros de conteúdo. De todas as marcas, a Deezer fazia sua estreia como parceira.

As edições chilena e argentina estavam ambas previstas para 27, 28 e 29 de março. Nas notas emitidas no cancelamento das edições chilena e argentina, a empresa ressalta a prioridade em preservar a saúde e segurança do público, artistas e equipes de trabalho.

**Crédito da imagem no topo: Kipras Streimikis/Unsplash

Publicidade

Compartilhe