Unilever lança iniciativa global por mudanças positivas

Buscar

Marketing

Publicidade

Unilever lança iniciativa global por mudanças positivas

O movimento Beleza Positiva, que vai eliminar o uso do termo "normal" de produtos, tem como foco quebrar padrões de beleza e melhorar questões como inclusão e sustentabilidade

Giovana Oréfice
9 de março de 2021 - 19h10

Dizer que um produto era para pele ou cabelo “normal”, fazia grande parte dos consumidores se sentirem excluídos, diz pesquisa (Crédito: Divulgação)

Uma das discussões mais recorrentes dos últimos tempos é a imposição de padrões de beleza pela sociedade, impulsionada pelas redes sociais. Pesquisa realizada pela Unilever com 10 mil pessoas em nove países Brasil, China, Índia, Indonésia, Nigéria, Arábia Saudita, África do Sul, Reino Unido e EUA revelou que fotos editadas, figuras de influência que não aparentam ser autênticas e reais, além da pressão para a compra de produtos “antienvelhecimento”, são os principais fatores de interferência na autoestima de consumidores. Visando reverter o cenário e dizer “não” aos estereótipos, a empresa anunciou hoje (9) o movimento Beleza Positiva.

A iniciativa global surge como uma nova estratégia de posicionamento da Unilever para a categoria de beleza, higiene e cuidados pessoais. Através de ações focadas em prol da saúde, bem-estar, inclusão e equidade de gênero, a companhia pretende impactar um bilhão de pessoas por ano até 2030.

De acordo com a Unilever, a principal frente do movimento será a retirada do termo “normal” das embalagens e de propagandas dos produtos de diversas marcas. O levantamento feito pela empresa mostrou que o uso da palavra para descrever tipos de cabelo ou pele faz com que 56% dos entrevistados se sintam excluídos dos padrões, alegando que o termo contribui para a percepção negativa da auto aceitação. O percentual sobe para 80% entre os mais jovens, de 18 a 35 anos.

“Sabemos, é claro, que remover o ‘normal’ por si só não resolverá o problema, mas acreditamos ser esse um primeiro passo importante dentre muitos outros que virão em direção a um conceito mais inclusivo de beleza, livre de estereótipos. Ao adotar a visão da Beleza Positiva em nossos negócios, queremos fazer o bem tanto às pessoas quanto ao planeta”, diz Sunny Jain, presidente da Unilever na categoria de beleza e cuidados pessoais. Segundo ela, o crescimento da consciência em relação às consequências dos padrões impostos, e a influência disso no modo de pensar e agir das pessoas, proporciona à Unilever e suas marcas a oportunidade de gerar grande impacto na sociedade.

Além dos esforços para gerar impactos positivos na conscientização contra os ideais de beleza contemporâneos, a empresa pretende também atuar na ampliação dos impactos positivos no meio ambiente. O movimento inclui a colaboração para a proteção e regeneração de 1,5 milhão de hectares de terras, florestas e oceanos e o apoio à proibição mundial de testes em animais até o final da década.

A inovação e a tecnologia serão os aliados da Unilever para impulsionar as mudanças a favor da sustentabilidade. Marcas da categoria de beleza e bem-estar, como Dove, Lux, Seda e Love Beauty and Planet, passarão por modificações nas fórmulas e embalagens, a fim de levarem ingredientes mais naturais e biodegradáveis e reduzir o uso de plástico. 

 

Publicidade

Compartilhe