Apagão faz Americanas perder R$ 2 bilhões em valor de mercado

Buscar
Publicidade

Marketing

Apagão faz Americanas perder R$ 2 bilhões em valor de mercado

Instabilidade afeta sites, aplicativos e toda operação de e-commerce de Americanas, Submarino e Shoptime


22 de fevereiro de 2022 - 6h02

Site da empresa apresenta o comunicado sobre o problema (Crédito: Reprodução)

As mais de 24 horas fora do ar já renderam prejuízos financeiros para a Americanas. A instabilidade nos sites de Americanas, Submarino e Shoptime, que começaram no sábado, 19 e se agravaram no domingo, 20, deixando as empresas fora do ar ao longo de toda a segunda-feira, 21, fizeram com que a empresa perdesse quase R$ 2 bilhões em valor de mercado.

De acordo com dados da consultoria Economática, divulgado por diversos veículos de imprensa, a Americanas terminou a segunda-feira, 21, com valor de mercado de R$ 27,9 bilhões (R$ 1,97 bilhão a menos em comparação com o valor que a companhia registrava na Bolsa na sexta-feira, 18).

A suspeita é de que os sites do grupo tenham sofrido algum tipo de ataque hacker e, por questões de segurança, a empresa diz ter suspendido parte de seus servidores.

Nesta segunda-feira, 21, a empresa colocou em seu site um aviso sobre a situação. “A companhia informa que, por questões de segurança, suspendeu proativamente parte dos servidores do ambiente de e-commerce e atua com recursos técnicos e especialistas para para normalizar com segurança segurança o mais rápido possível”. A companhia reforça, na mesma mensagem, que as lojas físicas não tiveram suas atividades interrompidas e permanecem operando.

Essa não é a primeira vez que empresas tem seus serviços prejudicados por ataques virtuais. Em agosto do ano passado, a Renner sofreu um ataque cibernético que derrubou parte de seu sistema e deixou o site da companhia fora do ar. A situação só voltou a normalidade três dias depois.

Publicidade

Compartilhe

Veja também