Fortnite vira ambiente fértil para marcas também no Brasil

Buscar

Fortnite vira ambiente fértil para marcas também no Brasil

Buscar
Publicidade

Marketing

Fortnite vira ambiente fértil para marcas também no Brasil

Após Samsung, Fanta desenvolve ação dentro do universo do maior game do mundo, atualmente com duzentos milhões de usuários


30 de outubro de 2019 - 6h00

 

O Arena Fanta é um mapa interativo para os jogadores de Fortnite desenvolvido em parceria com Ogilvy e BBL (Crédito: Divulgação)

Com uma base de 200 milhões de usuários e mais de US$ 1 bilhão em receita desde sua criação, em 2012, o game Fornite, desenvolvido pela Epic Games, vem se tornando um atrativo para marcas. Após ações de Nike e Marvel no exterior, a franquia vem recebendo com cada vez mais frequência projetos customizados e desenvolvidos também para os gamers brasileiros. Nesta terça-feira, 29, a Fanta, em uma ação realizada pela Ogilvy em parceria com a BBL, anunciou o desenvolvimento de um mapa exclusivo para o jogo: o “Arena Fanta”.

Com inspiração no universo gamer, a ação será complementada pela plataforma “É Mais Sabor. É Nível Fanta” e terá outras ativações gameficadas. A partir dessa semana, um time de influenciadores como Malena, T3ddy, Calango e Diana Zambrozuski convidará o público a conhecer o mapa exclusivo da marca e a ficar de olho nas novidades que serão anunciadas.

“O universo gamer como um todo é bastante relevante para o nosso público e para a marca. Escolhemos Fortnite por ser o maior jogo do mundo hoje e pela representatividade que ele tem com o público foco de Fanta hoje. Além disso, o jogo tem um caráter social muito único. Como plataforma, Fornite inventou um jogo que é uma grande rede social, com uma pegada forte de entretenimento”, diz Ana Carolina Santos, gerente de comunicação e marketing de Fanta na Coca-Cola Brasil.

 

A Cheil transformou a Glow, skin exclusiva da Samsung desenvolvida para o Fortnite, em uma ferramenta contra o bullying online (Crédito: Divulgação)

Na semana passada, a Cheil, em parceria com a Samsung e Fortnite, passou a permitir que a Glow, skin exclusiva da Samsung no jogo seja doada para qualquer usuário que usa apenas a skin padrão. Além disso, as empresas lançaram a campanha “Antibullying Skin” para divulgar o novo Galaxy Tab S6, da Samsung.

“O jogador de Fortnite vê o jogo como uma rede social, e não simplesmente como algo para passar o tempo. As marcas que enxergaram isso, saíram na frente. A Epic Games é uma publisher que já está há muito tempo no mercado, cerca de 30 anos, e muita pouca gente sabe disso. Já o Fortnite é um jogo muito jovem que ganhou os holofotes pela grande mídia tê-lo abraçado como plataforma de mídia. Isso se deve ao seu poder de engajamento e pela qualidade técnica e visual do game, que permite que as marcas o explorem mantendo o nível de qualidade esperada pelo seu público”, diz Bernardo Mendes, game specialist da Cheil, agência que atende ao jogo Fortnite no Brasil.

Há algumas semanas, em uma jogada de marketing inédita, o game iniciou o Capítulo 2 de seu universo online. E para encerrar a décima temporada do jogo e iniciar a nova fase, os usuários viram um foguete ser lançado na ilha onde se passa o game e um buraco negro engolir todo o universo de Fortnite. O evento, chamado “The End”, começou no domingo, 13 de outubro, foi transmitido simultaneamente no mundo todo e deixou os jogadores questionando as mudanças que seriam feitas na nova versão

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Coca-Cola e Marvel: collab apresenta embalagens dedicada aos fãs

    Coca-Cola e Marvel: collab apresenta embalagens dedicada aos fãs

    Com 36 ilustrações diferentes de personagens nas latas de refrigerante, os consumidores poderão ter a experiência de realidade aumentada

  • Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Menos da metade da geração Z consome bebidas alcoólicas

    Estudo da MindMiners revelou que a tendência de mudança de comportamento está relacionada a fatores como falta de interesse e sabor das bebidas