Branding e influência: valores e conexão

Buscar

Branding e influência: valores e conexão

Buscar
Publicidade

Opinião

Branding e influência: valores e conexão

Os consumidores, informados como nunca, colocam grande importância na autenticidade e na integridade das marcas que escolhem apoiar ou consumir


13 de junho de 2024 - 14h00

A criação de branding transcende a criação de logotipos atraentes ou slogans memoráveis. Na verdade, é uma arte que desenvolve uma identidade de marca ressonante, uma que reflita os valores e aspirações do público. Na era atual, a busca por marcas vai além dos produtos; as pessoas anseiam por uma conexão real, baseada em valores compartilhados. E é aqui que os influenciadores digitais têm um papel crucial, transformando-se em figuras centrais na promoção e humanização dos ativos de uma marca.

Os consumidores, informados como nunca, colocam grande importância na autenticidade e na integridade das marcas que escolhem apoiar ou consumir. As decisões de compra são frequentemente pautadas pela representatividade dos seus valores pessoais nas marcas. Portanto, para as empresas, estabelecer uma identidade de marca forte e transparente é vital para criar e manter uma conexão duradoura com os clientes.

A estratégia do marketing de influência prova seu valor incontestável em meio às diversas plataformas de comunicação atuais. Influenciadores são mais do que rostos de produtos; eles são os porta-vozes das marcas, dotados de uma capacidade única para humanizá-las e dar-lhes vida nas redes sociais. Quando os valores de uma marca estão em sintonia com os de seus influenciadores e, consequentemente, com os do seu público, a mensagem transmitida ganha autenticidade e personalidade.

Uma pesquisa da Qualibest fornece números que validam a influência digital destas pessoas: 71% dos brasileiros online seguem influenciadores, e 55% pesquisam a opinião desses antes de realizar compras significativas, evidenciando o papel influente desses profissionais nas decisões de consumo. Além disso, 86% dos entrevistados descobriram produtos por meio de influenciadores, e 73% efetuaram compras influenciadas por suas recomendações, demonstrando o poder de conversão dos influenciadores na jornada de compra do consumidor.

Essa nova realidade coloca os nano e microinfluenciadores em um lugar de justo destaque, pois eles oferecem autenticidade e indiscutível proximidade com o público, além de serem favorecidos pelos algoritmos das redes ao entregar percentualmente para mais seguidores se comparado a influenciadores maiores, resultando em maior credibilidade e interação. A criação de conteúdo em colaboração com esses influenciadores serve como testemunho da marca, mais convincente do que muitas campanhas de marketing tradicionais.

No entanto, alcançar resultados expressivos depende de estratégias bem planejadas. O provérbio “juntos somos mais fortes” se aplica perfeitamente ao trabalho com influenciadores menores, uma vez que apesar da entrega individual ser maior, é importante um grande grupo deles em uma mesma campanha e assim expandir o alcance da marca como um todo.

Tão importante quanto incluir influenciadores em estratégias de marketing é o cuidado com que a curadoria precisa para alinhar todas as vozes ao núcleo da marca e é aí que uma boa assessoria pode atuar neste processo, fornecendo a expertise necessária para selecionar, analisar e gerir influenciadores, garantindo autenticidade e engajamento em prol de uma parceria eficaz.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Além das dancinhas do Tiktok

    O papel dos influenciadores nas causas sociais

  • Pilha no Brinquedo #20: Obrigada > Amor e Gentileza

    Por que não iluminar o dia de alguém? É obvio, aqui agradeça a gentileza de compartilharem a reflexão sobre este tema comigo, iluminando também o meu caminho