Quanto as marcas pagam para anunciar no Cannes Lions

Buscar

Cannes Lions

17 a 21 de junho de 2024 | Cannes - França

Cannes

Quanto as marcas pagam para anunciar no Cannes Lions

De iates e fachadas de hoteis luxuosos às areias da Croisette, tudo está à venda para as empresas que desejam ser vistas em Cannes

Meio & Mensagem
13 de junho de 2024 - 12h00

Por Garrett Sloane, do Advertising Age

(Crédito: Celina Filgueiras)

Além de ser palco para o principal festival de criatividade da indústria, Cannes também é, por si só, um grande espaço para as marcas anunciarem nessa época do ano. Das fachadas dos hotéis aos telões digitais no Palais e às instalações na areia da praia, tudo está à venda, por assim dizer.

Os investimentos em tais ativações variam de US$ 40 mil a US$ 200 mil, de acordo com um documento obtido pelo Ad Age. Os valores aumentaram 25% desde que o evento voltou para o presencial, em 2022.

Em Cannes, tudo tem um preço. Para colocar a marca estampada em carrinhos de café no terraço do Palais, por exemplo, o anunciante precisa desembolsar US$ 161 mil.

Veja a tabela de preços para cada ambiente:

Carrinho de café no terraço: US$ 161 mil

Branding e banners estáticos no Palais: US$ 75 mil

The Big Screen (principal espaço digital): US$ 209 mil

Apartamento privado na Croisette: US$107 mil

Restaurantes próximos à “fila de iates”: US$ 161 mil

Branding em espaços externos na cidade ou nas fachadas de hoteis: a partir de US$ 75 mil

Branding no Aeroporto de Nice: a partir de US$ 75 mil

Branding em totem: a partir de US$ 43 mil

Para as maiores agências, empresas de mídia e plataformas, espaços publicitários podem variar – e muito – de tamanho. Podem ser painéis de meio metro de altura na praia ou, como é o caso do Pinterest, um pier inteiro. Em sua estreia no Cannes Lions ano passado, a Netflix ergueu um “N” gigante no topo do JW Marriott.

Uma campanha de out-of-home (OOH) no hotel demanda um budget inicial de US$ 75 mil e inclui banners na frente do prédio, telões no rooftop, anúncios no lobby e espaços na rua.

A XR Extreme Reach, que promove eventos ao longo da semana de evento junto a agências e plataformas, afirma que os preços estão aumentando em Cannes. Este ano está ainda mais competitivo por causa das renovações na marina, o que provocou uma escassez dos iates, relata Meredith Brace, chief marketing officer (CMO) da XR.

Para esta edição, a empresa está fazendo parcerias junto a empresas como P&G, Dentsu e Ad Council.

Todos os anos há debates sobre preços e o retorno de investimento esperado pelos participantes. Também há puristas que reclamam sobre o fato de a comunidade criativa ser precificada sob os parâmetros das big techs.

Há praias para empresas de tecnologia: a Amazon, por exemplo, domina um porto inteiro. O TikTok já é habitué do Carlton e o Spotify comanda um espaço na praia, onde realiza shows ao vivo.

Para muitos dos que frequentam o sul da França em junho o Festival Internacional de Criatividade de Cannes provou seu valor. É difícil recriar esse nível de intimidade e o imediatismo em outro evento, de acordo com fontes ouvidas pelo Ad Age.

O Pinterest, por exemplo, fez diferentes ativações em Cannes ao longo dos anos. Na semana que vem, terá um pier no Cartlon, onde promoverá um “manifestival” durante a semana, no qual os participantes poderão manifestar seus objetivos. O foco da plataforma deste ano é a geração Z. “O Cannes Lions é um momento importante para nossas audiências B2B, profissional e pessoalmente. Com tantas mensagens, é importante sermos cuidadosos com nossa abordagem em Cannes”, diz Xanthe Wells, vice-presidente de global creative do Pinterest.

Embora o OOH seja uma criança abandonada nos debates criativos da premiação, as ativações nesse meio são a melhor maneira de conseguir ser visto em Cannes, garante Brian Rappaport, CEO do Quan Media Group. “Esses espaços são vendidos com meses de antecedência, é quase impossível ter uma presença OOH, a menos que você cuide isso em janeiro”.

Na opinião do profissional, cada centavo investido pelas marcas em Cannes compensa.

 

 

Publicidade

Compartilhe