01 E 02 DE JUNHO DE 2022 | WTC São Paulo - SP
Publicidade

Evento ProXXIma

Marcio Carvalho, da Claro: “O 5G é sobre a conexão de tudo e de todos”

No palco do ProXXIma 2022, diretor de marketing da Claro comentou a evolução da conectividade móvel e as novas aplicações que serão habilitadas pelo 5G

Amanda Schnaider
2 de junho de 2022 - 8h13

“O 5G não pode se resumir a uma evolução do 4G. O 5G é sobre a conexão de tudo e de todos”. Foi assim que Marcio Carvalho, diretor de marketing da Claro, começou sua palestra no palco do ProXXIma 2022, na qual falou sobre a evolução da telefonia móvel e sobre quais serão os benefícios trazidos pelo 5G.

 

Marcio Carvalho, diretor de marketing da Claro, comentou sobre a evolução da conectividade móvel no Palco do ProXXIma  (Crédito: Eduardo Lopes/Imagem Paulista)

No início de seu discurso, Carvalho comentou sobre a evolução da conectividade durante a pandemia. “Nunca na história aceleramos tanto a essencialidade de estarmos conectados. Esse é o nosso ponto de partida. Agora estamos muito mais digitalizados”, completou.

A linha do tempo da geração de telefonia móvel começou com o 1G nos anos 1990, quando as pessoas usavam o telefone móvel apenas para ligação. “As pessoas começaram a ter muito orgulho de usar esse telefone, porque era símbolo de status”, afirmou o diretor de marketing da Claro. A segunda geração uniu voz e mensagens. Já a terceira trouxe a internet e a quarta os vídeos, fotos e aplicativos de economia compartilhada, como Uber, iFood e Rappi. Agora está na hora do 5G.

“Essa evolução da conectividade é uma grande habilitadora de toda a transformação digital. Com novas tecnologias se habilitam novas aplicações”, explicou Carvalho. O executivo ainda explicitou quais são as possibilidades trazidas pelo 5G: uma tecnologia que entrega mais capacidade e velocidade; diminuição da latência; e densidade de dispositivos e sensores que se conectam. “Tudo vai estar interligado, que vai gerar dados para diversos campos da sociedade”. Entre as novas aplicações que serão habilitadas ou beneficiadas pelo 5G estão, Carvalho cita algumas, como: cloud game; metaverso; cidades inteligentes; telemedicina; campo conectado; educação; e indústria 4.0.

Mas qual é o papel das telecoms nessa evolução da conectividade? De acordo com o diretor da Claro, a empresa está colocando os consumidores no centro para ter a possibilidade de criar diversos ecossistemas especializados. “Esses ambientes vão ser feitos por meio do desenvolvimento colaborativo, extremamente baseado em dados em diversas verticais”, complementou.

Com a evolução do 4G para o 5G puro, ou seja, aquele que não está vinculado ao 4G, o mundo físico ficará cada vez mais digital e o digital irá emodular o físico. “Tudo isso viabilizar um mundo virtual muito parecido com o que temos no nosso dia a dia, desde criptomoedas, Web3, os ativos digitais. Tudo isso suportado por uma cadeia de blockchain para garantir segurança e autenticidade. Todas essas tecnologias juntas vão possibilitar uma mudança muito grande na forma como nos relacionamos, trabalhamos e aprendemos”, comentou o executivo. “O céu não é mais o limite”.

Publicidade

Compartilhe