Alta temporada

Buscar

Opinião

Publicidade

Alta temporada

Wave Festival e Cannes Lions colocam sob os holofotes a matéria-prima fundamental da indústria da comunicação


3 de junho de 2019 - 12h46

Troféu Wave 2019 (Crédito: Reprodução)

A realização do Wave Festival, na semana passada, no Rio de Janeiro, abriu em grande estilo a alta temporada da criatividade no Meio & Mensagem. É claro que, pela própria natureza da publicação, o tema está presente em cada uma de nossas pautas. Essa relação intrínseca ficará ainda mais intensa ao longo dos próximos dois meses, quando publicaremos uma série de conteúdos especiais, para a qual colocamos a matéria-prima fundamental da indústria da comunicação no centro das discussões propostas em nossas matérias e no fio condutor de nossa curadoria.

Em junho e julho, a criatividade será debatida e celebrada em reportagens nas nossas edições semanais, em vídeos (já disponíveis) no nosso site e canais proprietários nas redes sociais, em um webinar exclusivo com Saulo Rodrigues, vice-presidente executivo de criação da R/GA (a ser transmitido ao vivo em 11 de junho — não deixe de fazer a sua inscrição), e em uma nova série de podcasts (a ser lançada na última semana de junho).

As datas de realização do Cannes Lions e do Wave Festival nunca estiveram tão próximas quanto agora em 2019, esquentando o clima e aumentando as expectativas para as agências brasileiras. Dos nove cases premiados com Grand Prix no Wave, seis vão concorrer em Cannes este ano e três ganharam Leões no ano passado. Em 2018, o sucesso no evento latino-americano antecipou, por exemplo, a boa performance de “Essa Coca É Fanta”, da agência David, na competição global.

No Rio de Janeiro, foi interessante constatar como muitas das tendências registradas por nossos jornalistas durante o projeto 100 Dias de Inovação vêm sendo aplicadas de maneira prática na comunicação das marcas — seja na forma de ferramentas e tecnologias para integrar dados e medir os resultados gerados pelos investimentos, seja como insights comportamentais para estabelecer posicionamentos e territórios emocionais para a diferenciação de produtos e serviços.

A Africa consagrou-se Agência do Ano, ao faturar o Blue Wave e 2 GPs, todos com o case “Tagwords”, para Budweiser. A conquista dá sequência à incrível fase da agência em festivais: também se destacou como a principal do País nas edições mais recentes do D&AD, em Londres, do One Show, em Nova York, do El Ojo, em Buenos Aires, e no Cannes Lions. Enquanto colecionava troféus mundo afora, angariou ainda uma indicação ao prêmio Caboré de Melhor Agência, em 2018. Simultaneamente, no campo dos negócios, mais vitórias importantes. Sob a batuta executiva da dupla de presidentes Marcio Santoro e Sergio Gordilho, saiu fortalecida de processos de redução de agências promovidos por dois dos maiores anunciantes do mercado, a Vivo e o Itaú.

No final da semana que vem, assim como as agências brasileiras, nossa equipe de jornalistas embarca para a cobertura direto do front do Festival Internacional de Criatividade, que acontece na França, entre os dias 17 e 21 de junho. No principal palco da indústria da comunicação, uma nova leva de grandes ideias será reverenciada, e os parâmetros de qualidade em execução, restabelecidos. Porque, ano após ano, mesmo com a escalada nos questionamentos quanto ao festival, em diversos aspectos, é fato que Cannes continua sendo o território sagrado da excelência criativa, concentrando as atenções e construindo reputações para marcas, agências e profissionais.

*Crédito da foto no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Sergio Gordilho

  • Marcio Santoro

  • Saulo Rodrigues

  • vivo

  • Itaú

  • Africa

  • David

  • R/GA

  • budweiser

  • criatividade

  • D&AD

  • One Show

  • El Ojo

  • Wave Festival 2019

  • Cannes Lions 2019

  • 100 Dias de Inovação

  • Caboré 2019