Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

Buscar

Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

Buscar
Publicidade

Marketing

Mercado Livre Arena Pacaembu cancela abertura e show de Roberto Carlos

Apresentação do cantor marcaria a abertura do espaço de eventos do Mercado Pago Hall; Mercado Livre adquiriu naming rights do local em janeiro


19 de abril de 2024 - 18h01

Pacaembu Roberto Carlos

(Crédito: Divulgaçãao)

Marcado para celebrar o que seria a inauguração de parte do espaço Mercado Livre Arena Pacaembu, o show do cantor Roberto Carlos, que aconteceria na noite desta sexta-feira, 19, em São Paulo, foi cancelado.

Durante o dia, a Prefeitura de São Paulo declarou que não autorizaria a realização do evento após ter avaliado que o espaço não cumpria as determinações de segurança necessárias.

A concessionária Allegra Pacaembu, responsável pela reforma e projeto do novo Pacaembu, chegou a dizer que o show de Roberto Carlos estaria mantido. Porém, no fim da tarde, a página oficial do Mercado Livre Arena Pacaembu anunciou que o evento está cancelado e que mais informações sobre uma eventual nova data serão divulgadas em breve. Veja:

Mercado Livre Arena Pacaembu: naming rigths e espaço de eventos

O show de Roberto Carlos, que seria realizado pela Four Even, marcaria a abertura do Mercado Pago Hall, espaço de shows, espetáculos e eventos corporativos que fará parte do novo Pacaembu.

De acordo com a concessionária, o espaço teria capacidade para 8,5 mil pessoas. A prefeitura de São Paulo, no entanto, avaliou que as obras ainda não foram concluídas para permitir que o ambiente receba o show na noite desta sexta-feira, 19.

No dia 31 de janeiro, o Mercado Livre anunciou a aquisição do naming rights do novo espaço, em um acordo que deve ter a duração de 30 anos. A previsão é que, ao longo desse tempo, a plataforma de commerce invista mais de R$ 1 bilhão no projeto.

Em conversa com a reportagem de Meio & Mensagem no fim de janeiro, Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu, explicou a proposta de reapresentar o espaço como local de lazer, prática de esportes, shows e eventos corporativos, ampliando o turismo e, também, reforçando agenda cultural da cidade.

“Queremos olhar para o Pacaembu como um destino de entretenimento para a cidade e para o País. Temos a visão de que a diversidade e a gama de coisas que traremos para cá fará com que pessoas de outros estados queiram visitar. Desde 2018, quando participamos e ganhamos a concorrência, pensávamos em criar um centro de esportes e de entretenimento”, declarou.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Casa Dexco vai ser megastore para arquitetos em São Paulo

    Casa Dexco vai ser megastore para arquitetos em São Paulo

    A Dexco vai reunir, além das marcas do grupo, parceiras do segmento no espaço de exposição, vendas e experiências na avenida Paulista

  • CMOs são profissionais mais procurados pelas bets no Brasil

    CMOs são profissionais mais procurados pelas bets no Brasil

    Após regulamentação das casas de apostas no País, empresas buscam lideranças estratégicas no mercado local, apontam dados da Michael Paige