Boca Rosa cria portal de notícias e programas de impacto social

Buscar

Boca Rosa cria portal de notícias e programas de impacto social

Buscar
Publicidade

Mídia

Boca Rosa cria portal de notícias e programas de impacto social

“Não quero saber quem sou daqui dez anos, quero me reinventar”, diz Bianca Andrade, CEO da Boca Rosa, na VidCon São Paulo


7 de julho de 2023 - 19h31

Boca Rosa

Empresária e influenciadora Bianca Andrade compartilhou seus novos projetos no encerramento do primeiro dia da VidCon São Paulo (Crédito: Arthur Nobre)

Bianca Andrade, mais conhecida como Boca Rosa, encerrou o primeiro dia da VidCon São Paulo nesta sexta-feira, 7, ao anunciar a fase 2.0 de sua marca.

Além de um programa de benfeitoria social, a empresária lançará um portal de notícias especializada em tendências.

Bianca comenta que a iniciativa é consequência do histórico de comunicadora, remontando os primórdios do mercado de creators. Ainda sem parceiros oficiais, o portal de notícias da Boca Rosa deve entrar no ar no segundo semestre.

A CEO da marca de maquiagens ainda contou que irá expandir o projeto social iniciado em 2022 na Favela da Maré (RJ) – onde nasceu – com o programa Boca Rosa Academy, curso de empreendedorismo digital e marketing de influência direcionado a mulheres de baixa-renda na comunidade de Heliópolis (SP).

Segundo ela, esse momento de carreira acontece em decorrência da trajetória como mulher de negócios, influenciadora e atriz. “No mundo digital, as pessoas se tornam produtos”, comentou.

No encerramento da programação, Bianca rememorou os principais momentos de trajetória ressaltando a importância de desbravar novos formatos e não se prender a conteúdos estratificados. Segundo ela, é preciso sair dos nichos e explorar novos mercados.

Contudo, diz, para isso é preciso focar nos storytelling, nas personas que o mercado busca, mas sobretudo, na pessoa que cada empreendedor almeja ser.

Nesse sentido, Boca Rosa acredita que é preciso que os influenciadores tenham responsabilidade social e exerçam a profissão com cautela, sobretudo, quando atrelado às marcas. “Sou uma das precursoras da creator economy”, disse, ressaltando: “Não quero saber quem sou daqui dez anos, quero me reinventar”.

Veja a cobertura do Meio & Mensagem na VidCon São Paulo 2023:

– Entrando no game: como marcas incluem os streamers na criação?

– Do mainstream ao digital: Globo usa conteúdo para tentar ampliar conexões

– O segredo de sucesso dos podcasts – e das boas histórias

– A música na era conectada: redes sociais transformam artistas em hits

– CEOs do futuro: a relação dos creators com os negócios

– O futuro da televisão na era dos creators digitais

– Entretenimento e diversidade a favor dos negócios das marcas

– Influenciadores demandam liberdade na co-criação com marcas

– Como o Porta dos Fundos transforma entretenimento em negócios

– Das comunidades aos negócios: a potência que vem das ruas

– Pensamentos e propósitos dos novos consumidores

– VidCon estreia debatendo o papel dos influenciadores para as marcas

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro