A música na era conectada: redes sociais transformam artistas em hits

Buscar

A música na era conectada: redes sociais transformam artistas em hits

Buscar
Publicidade

Mídia

A música na era conectada: redes sociais transformam artistas em hits

MC Daniel é exemplo de como o TikTok e outras plataformas ganharam o poder de jogar luz sobre os trabalhos de artistas de diferentes segmentos


9 de julho de 2023 - 13h00

música redes sociais

MC Daniel conta sobre como a internet ajudou a impulsionar sua carreira (Crédito: Reprodução/Twitter)

Ferramentas de conexão, as redes sociais já são ferramenta importante para a descoberta de novos artistas e o reencontro com músicos de outras gerações.

Case de sucesso no TikTok, MC Daniel ficou conhecido por “bombar” nas redes com o remix viral da música “Tubarão te amo”. Influenciadores e pessoas anônimas começaram a fazer a coreografia do hit, que ajudou a impulsionar a carreira de outros artistas.

Essa é uma das histórias produzidas por um viral de internet, mas que pode traduzir a trajetória de muitos artistas da atual geração e que também foi assunto nos painéis da VidCon São Paulo.

Segundo Roberta Guimarães, head of artists partnership na ByteDance / TikTok, as redes sociais desenvolveram uma liberdade para que o artista pudesse se expressar, devolvendo a eles o poder de se comunicar. “O TikTok tem essa liberdade de fala para você atingir essa massa grande. Isso ajudou a termos uma pulverização dos charts”, disse.

Na produção de conteúdo voltado a esse nicho, também existe a necessidade de se conectar com esses meios, pois são eles os responsáveis pela captação da atenção. “Hoje não dá para se pensar em nada, em termos de conteúdo, que não seja associado às redes sociais. Temos que conversar com as pessoas que talvez nem conheçam uma banca de jornal”, avaliou Sergio Martins, editor da Billboard.

Usando a sua experiência, MC Daniel explicou que o criador colhe os frutos da constância de produção de conteúdo, citando a própria trajetória. “Vejo que hoje a rede social influência tudo. Se você mostra seu lifestile, cria proximidade. O meu empresário falou que eu tinha que ir para o TikTok, porque as coisas viralizavam muito rápido. Nessa rede nova [Threads], quanto mais vocês postarem, mais vocês vão colher os frutos”, sugeriu.

Veja a cobertura do Meio & Mensagem na VidCon São Paulo 2023:

– Entrando no game: como marcas incluem os streamers na criação?

– Do mainstream ao digital: Globo usa conteúdo para tentar ampliar conexões

– O segredo de sucesso dos podcasts – e das boas histórias

– CEOs do futuro: a relação dos creators com os negócios

– O futuro da televisão na era dos creators digitais

– Entretenimento e diversidade a favor dos negócios das marcas

– Influenciadores demandam liberdade na co-criação com marcas

– Como o Porta dos Fundos transforma entretenimento em negócios

– Boca Rosa cria portal de notícias e programas de impacto social

– Das comunidades aos negócios: a potência que vem das ruas

– Pensamentos e propósitos dos novos consumidores

– VidCon estreia debatendo o papel dos influenciadores para as marcas

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro