NFL: como o futebol americano tem conquistado os brasileiros

Buscar

NFL: como o futebol americano tem conquistado os brasileiros

Buscar
Publicidade

Mídia

NFL: como o futebol americano tem conquistado os brasileiros

Pesquisa do Ibope Repucom apontou que o universo de fãs atingiu a marca dos 37 milhões e a mídia tem sido um asset importante para a modalidade no País


5 de fevereiro de 2024 - 11h58

NFL cresce em popularidade no Brasil (Crédito: Reprodução / Instagram)

NFL cresce em popularidade no Brasil (Crédito: Reprodução / Instagram)

O Super Bowl, organizado pela National Football League (NFL), é considerado um dos principais eventos esportivos e publicitário dos Estados Unidos. Até o momento a partida entre Kansas City Chiefs e San Francisco 49ers, que acontecerá no próximo domingo, 11, no Allegiant Stadium, já conta com 37 marcas confirmadas na CBS – principal emissora norte-americana, que transmitirá o evento.

Fora do seu país sede, a Liga vê sua base de fãs crescer no Brasil, que se tornou o terceiro maior mercado em audiência, atrás do próprio EUA e do México. Segundo o estudo Sponsorlink realizado pelo Ibope Repucom o esporte chegou a uma base local de 37 milhões de torcedores. A entidade afirma que esse dado representa um crescimento de 270% no volume do individuo se comparado ao ano de 2013.

O mesmo estudo, referente a 2022, indicou que a modalidade registrava um índice superior a 35,4 milhões de fãs no Brasil. Por isso, a TV, streamings e redes sociais são assets importantes para manter o crescimento do esporte.

Como a NFL trabalha suas redes sociais?

As redes sociais são um funil importante para a NFL no Brasil. Através delas, a Effect Sport, agência que cuida de assuntos da liga em solo nacional, consegue criar conteúdo que se conecta com quem é um superfã e com quem ainda não é. Dessa forma, é possível prospectar um novo público.

Essa iniciativa faz parte de uma estratégia que visa explorar um mercado que passa por um público muito diverso. Assim como no show do intervalo, que acontece no Super Bowl e que conta com celebridades do mundo pop como atração durante a partida, essa diversidade de assuntos gera visibilidade. Esse é um ativo que diferencia a forma como a NFL se aproxima de seus fãs, em relação a outros esportes.

Pedro Monteiro Rego, CEO da Effect Sport, afirma que muitas pessoas que atualmente acompanham futebol americano tiveram seu primeiro contato por meio de elementos de fora do esporte. “Procuramos trazer conteúdo diferente, sem desconectar de quem é muito fã, e trazer conteúdo para quem não é superfã. Temos surfado nessa onda do namoro da Taylor Swift com Travis Kelce [do Kansas City]. Com isso, vimos um aumento no engajamento”.

Futebol americano na TV por assinatura

Além das redes sociais, a televisão é um meio importante para democratizar a presença do futebol americano nos lares brasileiros. A ESPN – canal que pertence ao Grupo Disney – é responsável por exibir os jogos da temporada regular e o Super Bowl no Brasil desde 1992.

Durante a temporada 2023/24, o canal exibiu 120 partidas ao vivo. Além disso, a emissora conta com uma programação especial em sua grade e no Star+ com o ESPN League. Com isso, o canal registrou um aumento de horas assistidas no streaming desde 2021. Na TV linear, o crescimento foi de 17% em relação a temporada anterior.

“O conteúdo rico, aliado ao longo prazo de transmissão, faz com que a NFL esteja cada vez mais próximo do público brasileiro. Elaboramos um projeto robusto contemplando todas as fases da competição, iniciando em setembro e indo até o Super Bowl, com entregas nos canais lineares, site e redes sociais da Disney”, diz Giselle Ghinsberg – Ad Sales Director & Partnerships The Walt Disney Company.

Nesta temporada regular, a ESPN conta com três patrocinadores: C6 Bank, Ford e Vivo, além da cota de participação de Engie e clientes pontuais no Super Bowl, como Heineken e Movida.

Democratização da NFL

Desde 2022 a NFL passou a contar com um espaço na TV aberta para ajudar a impulsionar abrangência do futebol americano no Brasil. Assim, a RedeTV! assumiu as transmissões da temporada regular e do SuperBowl e o grande jogo chegou à TV aberta após anos disponível somente na TV por assinatura.

A emissora tem direito de transmissão garantido até 2025 e conta com iniciativas contínuas que buscam englobar todos os tipos de fãs da modalidade. Segundo Amilcare Dallevo Neto, head of Sales and Value Creation da RedeTV!, o canal tem como missão democratizar o esporte no Brasil.

“Nos últimos anos, o resultado desse trabalho tem sido expressivo fruto de uma ação consistente junto à NFL e que vem consolidando a RedeTV! como a grande opção da modalidade na casa dos brasileiros”, diz.

Desse modo, o canal tem um programa semanal dedicado à NFL, o ‘NFL Show’, que traz highlights da temporada em um formato totalmente didático, que destaca as principais jogadas e estratégias dos times. Sete marcas podem aproveitar da grade do canal. São elas: Aiwa, Mycon, Pizza Hut, KFC, Perdigão, Itaú e New Era.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Chamada de Aquila, plataforma é fruto de coalização entre Associação dos Anunciantes, Kantar, Meta, Amazon e TikTok

  • Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Recursos estão sob guarda-chuva do Pinterest Ad Labs, novo programa de inovação da plataforma para marcas selecionadas testarem os protótipos