Black Friday: os desafios da publicidade digital

Buscar
Publicidade

ProXXIma

Black Friday: os desafios da publicidade digital

Daniela Galego, head of sales do Yahoo Brasil, aponta os desafios do setor neste ano

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


25 de novembro de 2022 - 6h03

Segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a expectativa é que as compras realizadas pela internet na Black Friday ultrapassem o valor R$ 8,3 milhões, com o e-commerce brasileiro movimentando R$ 6,05 bilhões. Para entender os desafios da publicidade digital diante desse cenário, o Meio & Mensagem conversou com Daniela Galego, head of sales do Yahoo Brasil.

Desafios da publicidade digital na black friday

Daniela Galego, head of sales da Yahoo Brasil (Crédito: Divulgação)

Meio & Mensagem – Como a aceleração digital dos últimos dois anos impacta a Black Friday?
Daniela Galego – O isolamento social acelerou demais todo esse processo de digitalização dos anunciantes e das marcas, em geral. Foi uma onda muito bem surfada para aqueles que estavam preparados ou mesmo para os que foram se atualizando para isso. O que potencializou demais a migração para o digital tanto do lado das marcas e anunciantes que moveram muito do seu processo de vendas para as plataformas digitais quanto também para os consumidores. Muita gente que ainda não se via como comprador digital frequente, entendeu a facilidade e o caminho. Nesta Black Friday, veremos um pouco do resultado disso tudo: mais pessoas consumindo no digital e marcas mais preparadas para atender essa demanda ou para ter uma jornada mais completa no ambiente online.

M&M – Quais serão as principais estratégias de publicidade digital?
Daniela – 
Acredito muito na jornada ominichannel, onde você não está atuando só em um único formato. Estar presente em vários momentos de pontos de contato vai ajudar as marcas a construírem essa relação e trazer a oferta certa no momento e formato certos. Você vai construindo uma frequência que pode se concretizar ali no dia através de uma plataforma num processo de compra, mas acredito muito nessa construção da jornada.

M&M – Neste momento, como as marcas podem chamar a atenção dos consumidores?
Daniela – Sempre foi um ambiente bastante competitivo. Entendemos que o anúncio é o início da jornada dessa relação e na Black Friday temos apostado na capacidade ominichannel da plataforma. Acreditamos muito em usar tecnologia a favor das marcas e do consumidor. A compra através de plataformas programáticas, na verdade, vem facilitar esse processo todo e ampliar os pontos de contato que as marcas possam ter com com os anunciantes. Marcas que vem construindo uma jornada mais always on, que não vêm só na semana do Black Friday, mas que já vêm construindo relações no digital de mais longo prazo que usam toda a capacidade ominichannel que a tecnologia proporciona. E ai estamos falando da chegada da TV conectada que foi acelerada, toda a parte de digitalização do digital out-of-home (DOOH) etc. Marcas que entendem o papel de todas essas telas e formatos, que criem experiências que sejam imersivas, que conectem melhor o público de acordo com o formato e momento, pensando em uma conexão genuína e que entretenham, não só interrompam vão se destacar nesse processo de tanta competitividade e ofertas.

M&M – Quais são os desafios da publicidade digital na Black Friday?
Daniela – O desafio é conseguir uma oferta competitiva. Temos uma crise econômica global instalada, muitas marcas tentando ser competitivas do ponto de vista de oferta e tentando se destacar com uma oferta realmente relevante. Vemos algumas pesquisas que falam muito a respeito de como os consumidores estão cada vez mais pesquisando previamente antes de finalizar o processo de compra e como utilizam a internet nesse sentido. O desafio vai estar muito na oferta no final do dia. Você trazer uma oferta que seja realmente relevante, que faça o consumidor mover no processo de compra. Do ponto de visto do anúncio, tem um desafio de ter uma comunicação que seja realmente genuína, que entretenha, conecte e seja relevante, não só uma interrupção como tantas outras que ele vai ter. 

 

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • EY aponta a mudança da realidade no trabalho

    EY aponta a mudança da realidade no trabalho

    Flexibilidade, IA e wellbeing são os temas prioritários, detalhados pelo sócio de consultoria em gestão de pessoas da EY Brasil, Oliver Kamakura

  • Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Zenvia: o impacto das redes sociais nas decisões de compra

    Pesquisa do Conselho Internacional de Shoppings Centers revela que 85% da geração Z é influenciada principalmente pelo TikTok e Instagram