Cannes Lions barra empresas russas do Festival em 2022

Buscar
Publicidade

Comunicação

Cannes Lions barra empresas russas do Festival em 2022

Organização do Festival também concederá entrada e inscrições gratuitas a criativos e trabalhos ucranianos


4 de março de 2022 - 9h47

(Crédito: Reprodução)

A Ascential, organizadora do Cannes Lions e de outros festivais e prêmios de criatividade, anunciou que não aceitará que empresas russas participem da edição de 2022 do evento. A medida é uma resposta à guerra na Ucrânia, que já se estende por mais de uma semana e que teve início com a invasão da Rússia no país do leste europeu.

“Apesar de nosso desejo de celebrar a criatividade independentemente de onde ela venha, tomamos a decisão de não aceitar inscrições e delegações de empresas russas no Cannes Lions e nas premiações associadas”, declarou a companhia, em comunicado enviado à imprensa nesta sexta-feira, 4.

A organização do Cannes Lions também diz que fará uma doação significativa para entidades de caridade que vêm realizando ações humanitárias na região afetada pelo conflito.

Além disso, a organização irá liberar o acesso à edição deste ano para criativos e profissionais ucranianos. “Embora reconheçamos que esse é apenas um pequeno gesto, daremos as boas-vindas, de forma gratuita, a todos os criativos ucranianos que possam participar do Cannes Lions. Também serão feitos reembolsos dos valores das inscrições na premiação feitos por agências ucranianas”, declarou a Ascential.

A organização do festival de criatividade segue um movimento adotado por várias empresas nos últimos dias como forma de resposta à invasão russa. Grandes companhias anunciaram a paralisação ou interrupção de suas atividades no País ou da comercialização de seus produtos em território russo, como foi o caso da Apple, enquanto entidades de várias esferas da sociedade, como a Fifa, baniu a seleção e os clubes da Rússia de qualquer competição internacional enquanto durar o conflito.

Publicidade

Compartilhe

Veja também