Sustentabilidade empresarial: conceito, importância e desafios para as empresas

Buscar

Sustentabilidade empresarial: conceito, importância e desafios para as empresas

Buscar
Publicidade

Marketing

Sustentabilidade empresarial: conceito, importância e desafios para as empresas

Conceito vai além de atitudes para a preservação ambiental, envolvendo também iniciativas econômicas e sociais, que podem trazer benefícios internos e externos à organização


12 de junho de 2023 - 8h30

O que é a sustentabilidade de uma empresa?

O que é a sustentabilidade de uma empresa? – Imagem: Shutterstock/Deemerwha studio

A sustentabilidade empresarial reúne um conjunto de práticas com o objetivo de garantir um desenvolvimento sustentável para as organizações a partir de ações mais conscientes e políticas socioambientais mais responsáveis.

O conceito vai além de atitudes para a preservação ambiental, envolvendo também iniciativas econômicas e sociais, que podem trazer benefícios internos e externos à organização.

Para as marcas, o comprometimento com a sustentabilidade tende a trazer vantagem competitiva e a refletir na relação com os consumidores.

De acordo com pesquisa da FGV (Fundação Getúlio Vargas), os brasileiros estão mudando de hábitos em prol do meio ambiente nos últimos anos.

Segundo os dados, quase um terço dos consumidores brasileiros (23%) afirmaram ter mudado seus comportamentos devido a preocupações ambientais. Para 41% dos respondentes, as mudanças são definitivas. 

No entanto, para alcançar o desenvolvimento sustentável, as empresas precisam adotar algumas condutas, inovar processos e produtos, e investir em soluções voltadas à redução dos impactos ambientais.

Leia também:

https://www.meioemensagem.com.br/comunicacao/publicidade-tem-papel-estrategico-em-prol-da-sustentabilidade

https://www.meioemensagem.com.br/midia/programacao-e-acoes-como-a-midia-lida-com-sustentabilidade

https://www.meioemensagem.com.br/marketing/geracao-z-exige-bons-produtos-antes-de-sustentabilidade

O que é sustentabilidade empresarial?

O conceito de sustentabilidade empresarial é uma estratégia que busca o crescimento do negócio de forma responsável e equilibrada, respeitando o meio ambiente e a sociedade.

Para isso, a prática engloba ações, políticas e programas voltados ao desenvolvimento sustentável, que foca nesse crescimento sem impactos socioambientais. 

Principais objetivos

Qual o objetivo da sustentabilidade nas empresas?

Qual o objetivo da sustentabilidade nas empresas? – Imagem: Shutterstock/laymanzoom

O foco do desenvolvimento sustentável nas empresas é garantir o crescimento sem comprometer o meio ambiente, assim como compensar possíveis impactos ambientais com iniciativas que promovam a sustentabilidade.

Neste contexto, os principais objetivos da sustentabilidade corporativa são:

– fortalecer a imagem da marca e a competitividade da empresa no mercado;

– reduzir custos e riscos operacionais e financeiros relacionados à gestão ambiental e social;

– aumentar a inovação e a criatividade na busca por soluções sustentáveis para os desafios do negócio;

– criar um ambiente de investimento compatível com as demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade e do planeta;

– estimular a responsabilidade ética das corporações em relação aos seus stakeholders, como clientes, colaboradores, fornecedores, governo e meio ambiente.

Pilares da sustentabilidade empresarial

Existem três pilares definidos pelo sociólogo e consultor britânico John Elkington para guiar as ações sustentáveis nas empresas. São eles:

– social: esse ponto corresponde às práticas criadas com foco no desenvolvimento da sociedade;

– econômico: o objetivo deste pilar é conciliar o crescimento econômico de uma empresa com a sustentabilidade;

– ambiental: com foco na redução dos impactos da organização no meio ambiente, o terceiro pilar envolve ações voltadas à preservação da natureza.

O Índice de Sustentabilidade Empresarial, conhecido pela sigla ISE, é responsável por avaliar esses quesitos em organizações listadas na B3, a bolsa de valores do Brasil. 

Além de avaliar e reconhecer o comprometimento das empresas com ações sustentáveis, o índice também tem como objetivo incentivar essa responsabilidade socioambiental nas marcas, assim como auxiliar os investidores na tomada de decisões.

Qual é a importância da sustentabilidade empresarial?

A importância da sustentabilidade nas empresas envolve a contribuição para a preservação de recursos naturais e no combate aos efeitos das mudanças climáticas, mas tende a ir além disso.

Para as organizações, o conceito pode gerar vantagens competitivas que vão desde a melhoria da eficiência operacional até a atração e fidelização de investidores, talentos e clientes. 

A transição também tende a estimular a inovação e a criatividade na busca por soluções sustentáveis para os desafios do negócio, aumentando assim a capacidade de adaptação e resiliência da empresa frente às mudanças do mercado.

Em um cenário mais amplo, as ações de sustentabilidade também tendem a trazer impactos positivos na sociedade de maneira geral, uma vez que podem ajudar a promover o desenvolvimento social e econômico das comunidades nas quais a empresa atua.

O ESG e a sustentabilidade nas empresas

As práticas de sustentabilidade empresarial estão interligadas às pautas ESG (Environmental, Social and Governance ou Ambiental, Social e Governança, na tradução), que reúnem três pilares para mensurar as ações sustentáveis de uma organização.

Esses pilares ajudam a medir os impactos socioambientais das empresas e complementam os três pontos da sustentabilidade corporativa definidos por Elkington.

Ou seja, se por um lado a sustentabilidade corporativa engloba as ações estratégicas para alcançar o desenvolvimento sustentável, os princípios ESG podem ajudar as empresas a chegarem a esse objetivo por meio de análises do desempenho.

Diante disso, tanto as métricas ESG como as ações sustentáveis podem ser um apoio importante para que as marcas mantenham-se ambientalmente responsáveis.

E como uma empresa pode vir a ser sustentável?

Exemplos de ações sustentáveis nas empresas 

Exemplos de ações sustentáveis nas empresas  – Imagem: Shutterstock/FLUKY FLUKY

O conceito de sustentabilidade é amplo e pode ser aplicado de diferentes maneiras em uma organização, com ações internas e externas. Na prática, o foco deve ser em trazer resultados concretos, que realmente reduzam os impactos ambientais.

Diante disso, as ações sustentáveis nas empresas podem envolver diferentes setores, desde a produção até as estratégias de marketing, por exemplo. 

Implementar práticas para o uso consciente de recursos naturais, criar embalagens biodegradáveis e optar por composições mais naturais nos produtos são alguns exemplos.

Aliado a essas transformações internas, a empresa também pode interagir com projetos socioambientais externos, desenvolver a transparência e buscar indicadores que ajudem a mensurar seus impactos no ambiente e na sociedade.

Outro ponto para ampliar a sustentabilidade é buscar certificações, como o ISO 14001. Além disso, a marca pode divulgar suas ações de maneira consciente por meio de estratégias como o marketing verde

Principais benefícios da sustentabilidade nas empresas

Além de gerar impactos positivos para o meio ambiente e para a sociedade, as ações de sustentabilidade também trazem benefícios para as próprias empresas.

Dessa forma, é possível gerar valor para o negócio e para a sociedade a curto e a longo prazo, com práticas que prezam pelo desenvolvimento sustentável.

Conheça os principais benefícios da sustentabilidade nas empresas.

Contribuir para a preservação ambiental

Projeções da WWF mostram que, caso a humanidade mantenha seus padrões de consumo, seriam necessários mais de dois planetas para atender essas demandas até 2050.

Os índices de impactos ambientais reforçam a importância de adotar ações mais conscientes e assumir um posicionamento com maior responsabilidade social. 

Diante disso, as empresas exercem um papel fundamental no combate aos efeitos negativos causados por ações humanas no meio ambiente. 

Com a sustentabilidade, o objetivo é alinhar essa preservação ao crescimento do negócio, trazendo benefícios tanto ao ambiente quanto para a empresa em si.

O retorno dessas ações pode gerar impactos positivos na sociedade, com projetos ou programas sociais e ambientais que contribuem para o desenvolvimento sustentável das comunidades. 

Reduzir custos operacionais

A mentalidade sustentável incentiva a busca por estratégias alternativas, que reduzam o uso de recursos naturais e os impactos da produção no meio ambiente.

Na prática, isso pode trazer uma redução nos custos operacionais da empresa, uma vez que tende a implementar o uso consciente de recursos e minimizar o desperdício de materiais de maneira geral. 

Esses processos também podem resultar em um aumento na produtividade, motivado tanto por esse movimento de eficiência operacional como pelos colaboradores, que tendem a se sentirem mais engajados em organizações sustentáveis.

Além disso, a busca por alternativas sustentáveis estimulam a criatividade e a inovação, pontos que podem contribuir para o desenvolvimento de processos mais eficientes.

Fortalecer a reputação da marca

Segundo pesquisa realizada pela IBM, 62% dos clientes se mostraram dispostos a mudar seus hábitos de consumo com o objetivo de reduzir os impactos ambientais. 

Isso incentiva uma movimentação do mercado em prol da sustentabilidade, como forma de atender a demanda dos consumidores que se mostram mais preocupados com o tema.

Benefícios da sustentabilidade nas empresas

Benefícios da sustentabilidade nas empresas – Imagem: Shutterstock/3rdtimeluckystudio

Ao adotar a sustentabilidade empresarial neste cenário, as marcas tendem a fortalecer sua imagem perante a sociedade, tanto em relação aos clientes, quanto a colaboradores, fornecedores e investidores.

Dessa forma, as empresas garantem um diferencial e uma vantagem competitiva no mercado, o que também abre espaço para novas oportunidades de negócios.

Atrair investidores

Uma das consequências do fortalecimento da reputação da marca é a atração de investidores, que se mostram cada vez mais interessados em empresas que buscam desenvolver os princípios ESG.

Além disso, a sustentabilidade demonstra a capacidade da marca de integrar questões ambientais, sociais e econômicas, o que pode reduzir os riscos e tornar o negócio mais seguro para os investidores. 

O compartilhamento de informações de maneira mais transparente também contribui para essa confiabilidade e pode mostrar aos investidores o potencial de lucro sem incertezas.

Quais são os desafios enfrentados?

A sustentabilidade empresarial pode trazer benefícios, mas a implementação de procedimentos mais sustentáveis também pode ser desafiadora em alguns pontos.

Isso porque ela demanda alterações de pensamento, operações e processos internos da empresa para que novos hábitos e condutas passem a existir.

Os desafios mais comuns encontrados pelas organizações envolvem: 

– desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos;

– mudanças na cultura organizacional e na filosofia da empresa;

– criação e gestão de políticas, ações e programas voltados a sustentabilidade;

– investimento em tecnologias ou adaptações para tornar a produção mais sustentável.

Durante o processo de transição, as organizações também devem se atentar ao greenwashing

O termo é utilizado para descrever empresas que divulgam ações sustentáveis, mas na realidade prejudicam o meio ambiente em suas produções.

Isso pode acontecer sem intencionalidade, por falta de conhecimento sobre sustentabilidade, por exemplo. Para evitar esse problema, que pode prejudicar a imagem da marca, um passo importante é aprofundar o entendimento sobre a temática.

Quais são os exemplos de sustentabilidade empresarial?

As marcas brasileiras têm se adaptado cada vez mais ao conceito de sustentabilidade empresarial, por isso existem exemplos de empresas que adotaram ações efetivas no país.

Uma delas é a Natura, que tem cerca de 84% de suas fórmulas veganas e 93% de origem natural, embalagens com materiais recicláveis ou renováveis e programa de logística reversa. 

A empresa tem uma página de seu site oficial dedicada a compartilhar suas ações de sustentabilidade com os consumidores.

Outro exemplo é a Ambev, que se comprometeu a adotar embalagens circulares, com o objetivo de eliminar a poluição plástica até 2025. 

Na Ambev Vidros, localizada no Rio de Janeiro, a empresa produz garrafas recicladas, com mais de 50% de matéria-prima feita a partir de cacos de vidro.

Esses cacos chegam através de parceiros e da estratégia de logística reversa. É possível conferir os pontos de coleta no site da marca.

Principais tendências para a sustentabilidade nas empresas

Com o tema da sustentabilidade em foco no mercado, surgem incentivos para o desenvolvimento de novos processos, modelos de negócio e boas práticas alinhadas ao objetivo. 

Um exemplo é a adoção da agenda ESG, que tem se tornado um movimento cada vez mais frequente entre as empresas. 

Tendências para a sustentabilidade nas empresas

Tendências para a sustentabilidade nas empresas – Imagem: Shutterstock/3rdtimeluckystudio

Neste contexto, adotar políticas de transparência e compliance são tendências que se encaixam no terceiro pilar, representado pela letra “G” e relacionado a governança corporativa.

A busca por ações que reduzam os impactos ambientais também faz parte desse movimento, bem como a inovação em produtos, serviços e processos que contribuam para o desenvolvimento sustentável.

Além desses pontos, outras tendências de ações mais sustentáveis nas empresas são:

– criar produtos eco-friendly;

– adotar políticas de descarte de resíduos;

– investir no uso de fontes de energias renováveis;

– implementar ferramentas como a logística reversa;

– desenvolver programas de diversidade e inclusão nas empresas

Vale a pena investir em ações de sustentabilidade empresarial?

As empresas que adotam uma gestão empresarial sustentável podem se tornar mais éticas, transparentes e eficientes, além de servirem de exemplo para seus colaboradores, clientes e parceiros.

Os benefícios dessas ações podem ser sentidos pela sociedade, no meio ambiente e pela própria organização, que tende a desenvolver processos mais eficientes e produtivos.

O consumo sustentável preza por essa melhoria na cadeia produtiva, com redução de desperdícios e despesas, sem perder o foco na rentabilidade. 

Neste contexto, investir em ações de sustentabilidade é uma forma de cumprir com as responsabilidades éticas, sociais e ambientais, mas também de alcançar bons resultados no mercado, a partir de um desenvolvimento consciente e que tende a ser mais eficaz.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Vivo e Auren criam joint-venture no setor de energia

    Vivo e Auren criam joint-venture no setor de energia

    GUD Energia oferecerá, nessa primeira fase, serviços e consultoria à indústrias, comércios e empresas de serviços

  • Netshoes quer unir esporte e moda

    Netshoes quer unir esporte e moda

    Com estreia de posicionamento, marca busca reforçar presença no segmento de sportstyle, de artigos esportivos que não estão diretamente ligados a alta performance