Os muitos usos dos patrocínios

Buscar
Publicidade

Opinião

Os muitos usos dos patrocínios

Ações podem unir esportes e atletas a temas tão variados quanto sustentabilidade, diversidade, inclusão e engajamento de equipes


22 de novembro de 2021 - 16h49

A maioria dos marqueteiros pensa nos patrocínios quase que exclusivamente quando precisam de alguma campanha promocional ou de construção demarcas. Mas o uso de patrocínios esportivos pode e deve ir além disso.

Budweiser é patrocinadora oficial da NBA. (Crédito: Divulgação)

A sustentabilidade, por exemplo, é uma das áreas mais promissoras e menos exploradas nos patrocínios. Empresas que tem projetos reais para diminuir seu impacto ambiental, podem usar os patrocínios para divulgar seus esforços de forma mais interessante do que simplesmente publicando um relatório anual (que quase ninguém vai ler).

Há esportes para todas as causas.

Se seus produtos são vendidos em embalagens plásticas, sua empresa provavelmente tem iniciativas ligadas à reciclagem, coleta seletiva de lixo e limpeza de praias. Este conhecimento é fundamental para diminuir a poluição nos rios e oceanos, um problema particularmente relevante para os atletas dos esportes aquáticos como o surfe, vela e remo. Patrocinando um desses esportes, sua empresa pode ajudar a resolver o problema ao mesmo tempo que cria conteúdo relevante para falar dos seus esforços.

Se a sua empresa consome muita água, é provável que tenha projetos para racionalização do seu uso, recuperação de mananciais e uso de água pluvial. Este conhecimento será muito bem-vindo e útil para o golfe. Manter os campos de golfe sempre verdes requer uso intensivo de água e a experiência de sua empresa pode ajudar o esporte a ser mais eficiente e sustentável. Uma parceria ou patrocínio pode ser a solução.

Outra área que pode se beneficiar dos patrocínios é a inclusão social.

Criar um ambiente de trabalho diverso — no qual gêneros, raças, opções sexuais e limitação motora estejam devidamente representados — é uma prioridade para todas as empresas sérias. Apesar de a grande maioria ainda ter muito trabalho pela frente, há excelentes exemplos onde isso já acontece. Mas muitos destes esforços ainda passam desapercebidos para os consumidores.

Uma ótima forma de falar sobre o assunto é por meio de uma equipe de atletas. Contrate atletas que espelhem o seu quadro de funcionários, ou o quadro de funcionários que você deseja ter. Eles podem ser embaixadores da empresa ou mesmo funcionários
(em tempo parcial, quando não estiverem treinando). Sua empresa valoriza pessoas com limitação motora? Contrate para-atletas. Quer falar sobre os seus projetos dedicados às pessoas com deficiência intelectual? Faça uma parceria com as Olimpíadas Especiais. Se a igualdade de gêneros uma prioridade, contrate o mesmo número de atletas homens e mulheres. E não se esqueça de pagar o mesmo
para todos que desempenhem a mesma função.

Patrocínios podem também ser usados para desenvolver relacionamentos estratégicos.

Se um grande cliente se interessa por automobilismo, mas não tem o conhecimento e recursos necessários para ser um patrocinador, ofereça o patrocínio como valor em sua relação comercial.

Na sua próxima negociação contratual, ao invés de dar descontos e maiores prazos de pagamento, ofereça um patrocínio com a Stock Car, por exemplo. Sua empresa pode assinar, pagar e gerenciar um exclusivo contrato para a marca do seu cliente como um serviço extra. Esta forma criativa de agregar valor pode diferenciar seus produtos e gerar resultados concretos para seu negócio. O mesmo racional também pode ser bastante útil em uma concorrência.

O departamento de Recursos Humanos também pode se beneficiar dos patrocínios.

Um dos maiores desafios dos gestores é manter os funcionários engajados. Quando satisfeitos com o seu trabalho, eles são mais produtivos e mudam menos de emprego. O orgulho de trabalhar para uma empresa — e consequentemente a retenção dos funcionários— pode ser muito influenciado pela sua associação com o esporte. O patrocínio do clube de futebol da cidade ou do atleta olímpico que cresceu no bairro onde a empresa está sediada, tem grande chance de ter um impacto positivo na forma com que todos veem seu empregador.

A boa notícia é que com planejamento, os patrocínios podem ter todos os papeis acima ao mesmo tempo. Na próxima vez que você tiver um problema de negócio com sua equipe de sustentabilidade, recursos humanos ou relações governamentais, lembre que o esporte pode ser a solução.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Inovação na era dos marcos regulatórios

    E o que sua startup tem a ver com isso?

  • Marketing de conteúdo e a jornada do empreendedor

    Com todas as peças encaixadas, nota-se um ponto em comum que une perfeitamente o empreendedor e o profissional de marketing: o foco no cliente