Transformações digitais: impactos e benefícios para as empresas e sociedade

Buscar
Publicidade

Notícias

Transformações digitais: impactos e benefícios para as empresas e sociedade

Processo de digitalização é uma realidade no mercado e pode trazer vantagens competitivas para as marcas, que vão desde a análise eficiente de dados até a oportunidade de identificar problemas

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


20 de junho de 2023 - 17h00

As influências das transformações digitais impactam os hábitos de consumo e demandam adaptações por parte das marcas, com a modernização de processos, estratégias e soluções.

Na prática, essas mudanças podem alterar a forma como as organizações operam e entregam valor aos seus clientes.

Além disso, as tecnologias podem contribuir para a redução de custos, otimização de tempo nas tarefas e tomada de decisões.

O processo de digitalização é uma realidade no mercado e pode trazer vantagens competitivas para as marcas, que vão desde a análise eficiente de dados até a oportunidade de identificar e solucionar problemas com mais agilidade.

Acompanhar as tendências do mercado e entender como elas podem auxiliar as empresas de acordo com suas necessidades individuais é um passo importante para aplicar a transformação e garantir esses benefícios.

Leia também:

O que é Data Driven e qual a importância para as empresas?

Fim dos cookies: as estratégias da publicidade digital

Na era da transformação digital, qual é a realidade da sua empresa?

O que são transformações digitais?

Transformações digitais são processos implementados pelas empresas para integrar a tecnologia em diferentes áreas do negócio, com o intuito de melhorar o desempenho e agregar valor aos resultados.

O objetivo dessa mudança é tornar as empresas mais modernas, competitivas e alinhadas com as demandas e expectativas dos consumidores na era digital.

Na prática, isso pode envolver alterações no comportamento corporativo, do mindset da empresa às atividades diárias realizadas pelas equipes responsáveis pela operação. 

Por que é um assunto importante para as marcas?

Com a era digital, é possível observar mudanças constantes no mercado, com novos hábitos de consumo, novas tecnologias e tendências de negócio. Para as empresas, entender e acompanhar essas transformações ajuda a manter a vantagem competitiva.

Além disso, as soluções tecnológicas podem ajudar na otimização de processos internos e externos, como análise de dados, relacionamento com clientes e desenvolvimento de novos produtos.

Impactos das transformações digitais nas empresas

Impactos das transformações digitais

A transformação digital alterou, principalmente, a forma como as informações são consumidas e compartilhadas. Antes da internet, por exemplo, os consumidores eram impactados por anúncios de marcas em outdoors, comerciais na TV ou no rádio. 

Hoje, isso acontece por publicações das empresas em redes sociais, compartilhamento de influenciadores digitais e buscas espontâneas na internet. 

Os conteúdos mudaram para se encaixar na era de atualizações e comunicação em tempo real proporcionada pelas redes, assim como a maneira de vender um produto, que passou a colocar o consumidor no centro.

Diante desse cenário, a transformação digital trouxe impactos para as estratégias corporativas. Confira os principais.

Experiência do cliente

A jornada de compra passou por mudanças com a era digital para acompanhar a presença dos consumidores na internet e seus novos hábitos, como as compras online, as buscas por produtos e serviços em sites e o contato neste ambiente.

Com isso, as demandas do público mudaram e estratégias como o omnichannel, a presença de marcas nas redes sociais e o atendimento personalizado cresceram.

O processo é uma resposta ao perfil digital dos consumidores, que tornaram-se mais exigentes em relação à experiência de compra.

Para as marcas, as tecnologias digitais tendem a estimular a inovação, trazer insights para personalizar a jornada de compra e aproximar o relacionamento com o consumidor. 

Redução de custos operacionais

A digitalização de processos pode contribuir para a redução de custos nas empresas, desde a compra de materiais de escritório até o armazenamento de dados e a comunicação entre a equipe, com os clientes ou fornecedores.

Gastos com infraestrutura e manutenção também tendem a ser menores com o uso eficiente de soluções tecnológicas.

Além disso, a automação de tarefas repetitivas pode reduzir as falhas e a necessidade de retrabalho, fatores que podem contribuir na otimização dos recursos financeiros.

Otimização da coleta de dados

Nos últimos anos, o volume de dados aumentou e trouxe a necessidade de ferramentas para otimizar o gerenciamento dessas informações. 

As transformações digitais tornaram possível uma coleta de dados automatizada e mais eficiente, capaz de filtrar as informações relevantes, armazená-las em segurança e gerar insights importantes para as marcas.

Esse processo impacta na tomada de decisões, que pode tornar-se mais assertiva e estratégica com a transformação digital e, dessa forma, também contribuir para a diminuição de despesas.

Aumento da competitividade

A internet é um espaço cada vez mais acessível. Segundo a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), 90% dos lares brasileiros têm acesso à internet.

Esse dado sugere a presença digital de grande parte do público das marcas, o que incentiva o crescimento das empresas no ambiente online.

As organizações, por sua vez, encontram ferramentas de campanha e divulgação mais acessíveis nesse espaço – criar uma conta nas redes sociais, por exemplo, é gratuito.

Isso tende a gerar um aumento da competitividade no cenário digital e esse pode ser um estímulo para a inovação e a criatividade, mas também pode ser um dos desafios da transformação digital para as empresas.

Melhoria na produtividade

As transformações digitais trouxeram tecnologias e estratégias que contribuem para a otimização de processos, e, portanto, podem refletir na produtividade e no desempenho das empresas.

Como as transformações digitais impactam as empresas?

Com a automação de tarefas, por exemplo, o fluxo de trabalho tende a tornar-se mais ágil e eficaz, com menores chances de erro. 

A partir disso, existe a possibilidade de entregar resultados melhores aos consumidores também. 

Os pilares da transformação digital

Existem alguns pilares que servem como base para que a transformação digital possa acontecer dentro de uma empresa. 

Cliente

Com a transformação digital, o cliente tornou-se centro das estratégias: suas necessidades, expectativas e desejos tendem a guiar as empresas, que hoje podem criar jornadas de compra mais personalizadas.

A personalização também pode contribuir para a criação de campanhas, produtos e serviços mais alinhados com o público-alvo da empresa. 

Outro ponto é a interação com o consumidor e o engajamento com a marca, que tende a ser mais ativo nos canais digitais. 

Dados

Os dados podem orientar as empresas na tomada de decisões, contribuindo com análises sobre o consumidor, o mercado e o desempenho da marca, por exemplo. 

Com as transformações digitais, as fontes de dados se ampliaram e o desafio passou a ser convertê-los em informações relevantes, bem como garantir a sua segurança. 

A partir disso surgiram outras necessidades, como a criação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) para regulamentar os processos de coleta, armazenamento e compartilhamento de dados. 

Neste cenário, conceitos como o data driven, que se refere ao uso inteligente de dados, também ganharam destaque. 

Inovação

A inovação é outro pilar da transformação digital, que pede adaptações para alinhar processos e estratégias ao cenário atual, sejam elas grandes ou pequenas.

Neste quesito, encontra-se a experimentação baseada na análise de dados concretos, que contribuem para a criação de soluções inovadoras de acordo com a necessidade do público e do mercado de maneira geral. 

Consumo

O pilar do consumo está conectado à competitividade do ambiente digital, que tende a impactar o usuário por oferecer diferentes opções acessíveis e sem restrições geográficas.

Alinhado a isso, as alterações nos hábitos de consumo também devem ser consideradas pelas empresas no momento do desenvolvimento de novas estratégias, produtos e processos.

Benefícios das transformações digitais

Segundo estudo da McKinsey, as empresas brasileiras líderes em maturidade digital tendem a obter um desenvolvimento mais eficiente do que as demais organizações.

De acordo com os dados, elas apresentam uma taxa de crescimento do EBITA (Earnings Before Interest, Tax and Amortisation ou Lucros antes de Juros, Impostos e Amortização na tradução) três vezes maior do que as outras empresas.

Além disso, essas companhias se destacaram em alguns pilares das transformações digitais, como a inovação, por exemplo. O relatório mostrou um desempenho de 60% no quesito “experimentação”, comparado a 2% das demais organizações. 

Existem alguns benefícios da transformação digital contribuem para esses resultados, como:

  • maior alcance de mercado;
  • otimização de processos internos;
  • incentivo à inovação e a criatividade;
  • oportunidade de oferecer soluções personalizadas;
  • tomada de decisões mais assertiva, baseada em dados e análises;
  • flexibilidade para se adaptar de acordo com as mudanças constantes do mercado;
  • aumento de produtividade e eficiência com a automação de tarefas e integração de sistemas.

Quais gerações foram mais impactadas com a transformação digital?

Gerações mais impactadas pela transformação digital

As gerações que nasceram ou cresceram em meio às mudanças tecnológicas que ocorreram nas últimas décadas sentiram mais esses impactos nos hábitos de consumo e interação.

É o caso dos millennials, por exemplo, que fazem parte da geração Y (nascidos entre 1980 e 1995). Eles presenciaram o desenvolvimento digital, com a evolução da internet, a criação das primeiras redes sociais e o surgimento dos primeiros smartphones.

Essas pessoas acompanharam transformações digitais importantes, que contribuíram para moldar o comportamento dos consumidores e das marcas ao longo dos anos. 

A partir da geração Z, dos nascidos entre 1996 e 2010, as marcas lidam com um público de nativos digitais. Ou seja, esses consumidores já nasceram em uma era mais tecnológica.

Portanto, estão mais familiarizados com a internet, os dispositivos móveis e os processos digitais, o que também influencia o modo como interagem com as empresas. 

Para eles, o principal canal de comunicação é o digital. De acordo com relatório da Insider Intelligence, 99,6% da geração Z serão usuários regulares da internet até 2026. 

O estudo ainda estima que há uma tendência para que a idade média da conectividade digital diminua nos próximos anos, como consequência da alfabetização digital e da ampliação de acessibilidade aos dados.

Isso pode ser aplicado para os nascidos a partir de 2010, parte da geração Alpha, que tendem a ser consumidores hiperconectados. 

Para as marcas, isso indica a importância cada vez mais forte da presença digital e das estratégias nesse meio, como o social commerce, o mobile marketing e o marketing de influência.

Principais exemplos de transformação digital

Dentro das empresas, diferentes soluções de digitalização de processos ganharam espaço e novos materiais surgem constantemente no mercado.

Um exemplo que está em foco são os sistemas de inteligência artificial (IA), como o ChatGPT e o Bard, a IA desenvolvida pelo Google, que estão movimentando inovações em diversos setores, incluindo o marketing digital.

As ferramentas abaixo também estão entre os principais exemplos práticos de transformações digitais.

Mídias Sociais

Com a era digital, surgiram as mídias sociais, que permitiram o contato a distância entre os usuários e tornaram-se um dos canais mais utilizados para compras nos últimos anos. 

Os smartphones trouxeram o acesso a internet pelo celular e permitiram a criação de aplicativos, que hoje também fazem parte da jornada de compra dos usuários.

Big Data

Com a transformação digital nas empresas, o conceito de Big Data ganhou destaque. O termo se refere ao grande volume de dados gerados atualmente e envolve as práticas aplicadas para coletar e tratar essas informações.

A tomada de decisões com base nesses dados é parte da estratégia chamada de Business Intelligence, conhecida pela sigla BI. Ela consiste na organização, no processamento e na análise de informações geradas por diferentes fontes.

Computação em nuvem

A computação em nuvem é um dos principais exemplos de transformação digital sentida pelas empresas, que passaram a ter acesso a softwares de armazenamento e serviços em nuvem.

Com a tecnologia, acessar dados, ferramentas e plataformas de comunicação ou gestão tornou-se possível em qualquer lugar, sem a necessidade de um dispositivo específico para isso – basta ter acesso a internet.

O que são transformações digitais?

Além disso, o sistema de computação em nuvem trouxe mais segurança ao armazenamento de dados e arquivos da empresa, que não dependem mais da integridade de um único local de armazenamento. 

Como as empresas podem acompanhar as transformações digitais?

A transformação digital nas empresas acontece a partir de mudanças culturais, operacionais e de mindset, pautadas nas necessidades e objetivos do negócio.

Para isso, as marcas podem começar com uma avaliação do cenário atual de seus produtos ou serviços e de suas estratégias. 

A partir dessa análise, é possível identificar pontos de melhorias e desenvolver um planejamento mais assertivo das mudanças necessárias.

Em geral, outros passos podem contribuir para um processo de transformação mais fluído, como:

  • oferecer capacitação aos colaboradores;
  • escolher tecnologias alinhadas ao negócio e aos diferentes setores;
  • alinhar a gestão e a cultura organizacional da empresa às mudanças;
  • definir indicadores de desempenho para avaliar os resultados obtidos;
  • acompanhar as tendências do mercado e fazer atualizações constantes de processos, tecnologias e negócios.

Acompanhe as principais tendências do marketing em Meio & Mensagem

Confira também: O que é Marketing 5.0 e tendências dessa nova era

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Equativ e Retargetly formam aliança estratégica

    Equativ e Retargetly formam aliança estratégica

    Anunciantes que usam a plataforma da Equativ terão acesso aos dados de mais de 380 milhões consumidores na AL

  • Singularity University apresenta 24 tendências de tecnologia

    Singularity University apresenta 24 tendências de tecnologia

    Levantamento foi realizado em parceria com o Learning Village, do Grupo HSM