Copa Libertadores: onde assistir e datas da competição em 2023

Buscar

Copa Libertadores: onde assistir e datas da competição em 2023

Buscar
Publicidade

Mídia

Copa Libertadores: onde assistir e datas da competição em 2023

Torneio intercontinental de futebol chega à sua 63ª edição com transmissão na TV aberta e fechada e no streaming


10 de março de 2023 - 16h34

Flamengo foi o campeão da Copa Libertadores da América em 2022 (Crédito: Delmiro Junior/Shutterstock)

A semana passada marcou, oficialmente, o início da Copa Conmebol Libertadores para os brasileiros.

A principal competição do continente conta agora com as equipes que procuram garantir as vagas restantes nos grupos gerais da competição. Atlético Mineiro e Fortaleza disputam com outras 14 equipes oito vagas nas próximas fases da competição.

Se passarem dessa etapa eliminatória da Copa Conmebol Libertadores, as equipes se juntarão aos outros seis brasileiros já garantidos.

Os últimos campeões, Flamengo (2022) e Palmeiras (2021 e 2020), além de Athletico-PR, Internacional, Corinthians e Fluminense serão os representantes nacionais no torneio.

A história da Conmebol Libertadores

A Copa Libertadores da América, organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) chega à sua 64ª edição.

A competição de futebol, que agrega equipes de diversos países do continente, teve seu início em 1960, como uma forma de homenagear líderes da independência das nações da América do Sul.

Nomes como José Artigas, Simón Bolívar, José de San Martín, José Bonifácio de Andrada e Silva, D. Pedro I, Antonio José de Sucre e Bernardo O’Higgins são constantemente lembrados durante a competição.

No decorrer dos anos, o formato, assim como o número e critério de equipes participantes, foi sofrendo alterações.
Atualmente, a Copa Libertadores é composta por oito grupos com quatro equipes cada.

Desses, os donos das melhores campanhas de cada grupo passam para a fase de mata-mata, até chegar à final que é disputada em campo neutro e com torcida mista. As últimas edições contaram com Maracanã (Brasil), Estádio Centenário (Uruguai) e Estádio Monumental Isidro (Equador) como sedes das partidas decisivas.

O Brasil é, hoje, um dos países que mais envia clubes para a competição. A classificação pode vir através da posição no Campeonato Brasileiro – de quatro a seis primeiros colocados na competição ganham o direito de participar da Copa Libertadores da América.

Além disso, também classificam-se para a Libertadores o campeão da Copa do Brasil, o campeão da edição anterior da própria Copa Libertadores, além do vencedor da Copa Conmebol Sul-Americana.

Em 2023, o campeão da Copa Libertadores receberá US$18 milhões (equivalente a cerca de R$92 milhões), enquanto outras competições também chanceladas pela Conmebol não ultrapassam os dois dígitos na premiação (em dólares).

A Copa Sul-Americana pagará US$ 5 milhões (equivalente a R$25 milhões) e o campeão da Libertadores Feminina receberá US$ 1,7 milhão (cerca de R$ 8 milhões).

Copa Libertadores

Palmeiras celebra o título da Copa Libertadores de 2021 em Montevidéu, no Uruguai (Crédito: Delmiro Junior/Shutterstock)

Onde assistir a Libertadores na mídia brasileira?

A Conmebol Libertadores também apostará, neste ano, em uma proposta multiplataforma para a sua exibição. Assim como outras competições, o torneio estará disponível na TV aberta, na TV por assinatura e no streaming.

Um exemplo dessas transmissões multimeios é o modelo do Campeonato Paulista, que tem partidas exibidas na TV aberta, pela Record TV e na TV por assinatura, pelos canais TNT, da Warner Bros. Discovery.

No streaming, os espectadores podem acompanhar no HBO Max, Premiere (da Globo) e Paulistão Play. Além disso, o YouTube oficial da Federação Paulista de Futebol (FPF) exibe algumas partidas de forma gratuita e online.

Libertadores na TV Aberta

Parceira histórica das transmissões da competição, a Globo volta a ser a detentora dos direitos de transmissão da Conmebol Libertadores na TV aberta a partir de 2023.

A competição tem um pacote publicitário especial pensado pela emissora, que contemplará inserções das marcas nos jogos e na cobertura jornalística da TV aberta, ge e redes sociais. A Globo revezará a exibição dos times por rodada, durante a fase de grupos.

Para esse plano, a prioridade será os anunciantes que já apoiam a Conmebol, mas caso eles não se manifestem, a Globo pode negociar a Copa Libertadores com os cotistas do futebol nacional e, na sequência, com outros anunciantes.

Libertadores na TV por assinatura e streaming

Na modalidade por assinatura, dois pacotes foram negociados pela FC Diez, agência que negocia os valores e as transmissões da Copa Libertadores.

A ESPN, da Disney, ficou com o direito de um dos pacotes e pode transmitir as partidas em seus canais lineares e na plataforma streaming.

Já a Paramount, utilizará seu streaming Paramount+ para ser o canal de transmissão dos jogos da Conmebol Libertadores. Para isso, a empresa contratou 13 profissionais que trabalharão focados na transmissão dos jogos.

Copa Libertadores

Da esquerda para direita, João Guilherme, Ale Xavier, Nivaldo Pietro e PVC, são os porta-vozes da Paramount+ na Conmebol Libertadores e Copa Sul-Americana (Crédito: Cleiby Trevisan) (Crédito: Cleiby Trevisan)

Copa Sul-Americana e Libertadores Feminina

Além da Libertadores masculina, a Conmebol também chancela a Copa Sul-Americana masculina e a Libertadores Feminina.

A primeira competição também conta com as equipes continentais e garante ao campeão uma vaga direta na Libertadores da América. A Sul-Americana pode ser assistida no Brasil pelo SBT, na TV aberta, e pelo Paramaount+ no pacote de TV por assinatura e streaming.

Os clubes brasileiros América -MG, Botafogo, Goiás, Red Bull Bragantino, Santos e São Paulo já estão classificados para a edição 2023.

Já na modalidade feminina, os torcedores brasileiros puderam ver o Palmeiras se consagrar campeão em sua primeira participação, em 2022, através do SporTV e da Pluto TV, aplicativo de streaming da Paramount, em 2022. Esse foi o investimento inicial da plataforma em esportes.

A edição deste ano da Libertadores Feminina, que terá Corinthians, Internacional e Palmeiras na disputa pelo título, ainda não tem um canal oficial de transmissão no Brasil.

Como foram as últimas transmissões da Copa Libertadores?

Uma das principais surpresas no quesito de transmissões de futebol recentes foi o retorno do SBT às janelas de exibição.

Em 2020, o SBT adquiriu os direitos de transmissão da Conmebol Libertadores, logo após a paralisação causada pela pandemia de Covid-19.

Desse modo, o SBT foi o canal de TV aberta responsável pela exibição dos jogos das temporadas de 2020, 2021 e 2022. Todas contaram com representantes brasileiros na final. Antes disso, quem detinha esses direitos, por anos, era a TV Globo, que retornou à disputa pela competição ainda em 2022, quando a FC Diez anunciou a venda das concessões.

A Globo rescindiu o contrato com a Conmebol em agosto de 2020 devido às quedas de receita sofridas pela emissora durante a pandemia. A Globo chegou a solicitar uma renegociação de valores, mas não foi firmado um acordo.

Com isso, a Conmebol, a Conmebol, em 2020, acabou negociando com o SBT os direitos de transmissão.

Na TV por assinatura, a ESPN seguiu sendo o canal oficial da competição. No entanto, a Conmebol TV, plataforma streaming da entidade criada especialmente para realizar a transmissão dos jogos da Libertadores, Sul-Americana e Recopa, também era uma das janelas para os torcedores, mediante pagamento de assinatura.

A Conmebol chegou a ceder o direito de alguns jogos para exibição através do Facebook Watch. O Desimpedidos – da NWB – foi o canal responsável por exibir as partidas entre Atlético Mineiro e Independiente Del Valle e Corinthians e Always Ready.

Quem são os patrocinadores da Copa Libertadores 2023?

Para essa edição, a Conmebol Libertadores contará com Amstel, Coca-Cola, EA Sports, Crypto e Mastercard como patrocinadores principais.

Além dessas empresas, Power Ade e Nike são os parceiros oficiais.

Quando serão os jogos das Libertadores 2023?

Copa Libertadores

Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, será a sede da final da Copa Libertadores em 2023 (Crédito: Diegoguiop/Shutterstock)

A fase de grupos terá início em 5 de abril e irá até 28 de junho.

Após os sorteios das chaves de mata-mata, a fase de oitavas de final terá início em 19 de julho, com os jogos de ida e volta.

A grande final está marcada para 11 de novembro. Nesta semana, a Conmebol anunciou o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, como sede da final da Copa Libertadores da América em 2023.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Band já garante quatro marcas na cobertura do São João do Nordeste

    Band já garante quatro marcas na cobertura do São João do Nordeste

    Veículo mostrará as principais festas da região Nordeste pelas emissoras afiliadas e também pelo Bandplay

  • Após 28 anos, ICQ deixará oficialmente de existir

    Após 28 anos, ICQ deixará oficialmente de existir

    Programa de mensagens, muito popular nos anos 2000, deixará de funcionar em junho, segundo sua empresa proprietária, a russa VK