Minhas Expectativas para o Festival de Cannes 2024

Buscar

Cannes Lions

17 a 21 de junho de 2024 | Cannes - França

Diário de Cannes

Minhas Expectativas para o Festival de Cannes 2024

Embora não possamos prever se nós vamos ganhar um leão, acredito que ter campanhas que julgamos serem competitivas, já mostra nossa busca pela excelência


13 de junho de 2024 - 15h13

É com entusiasmo que aceitei o convite do Meio & Mensagem para ser um dos contribuidores do Diário de Cannes. Faz alguns anos desde minha última participação, mas a empolgação de retornar é a mesma de quando fui pela primeira vez, em 2012. Naquele ano, cada momento era fascinante: as palestras inspiradoras, os trabalhos criativos exibidos no Palais, as festas e o networking. E claro, a emoção de ver nossas campanhas competindo por um Leão. Para um apaixonado por propaganda, era como estar na Disney! 

A expectativa é grande para viver tudo isso mais uma vez. Embora não possamos prever se nós vamos ganhar um leão, acredito que ter campanhas que julgamos serem competitivas, já mostra nossa busca pela excelência criativa e reflete a confiança dos nossos clientes em nossa capacidade criativa. Jamais vou esquecer a honra que foi subir no palco para receber um leão de ouro das mãos do Marcello Serpa, que na época era Presidente do Júri de Print. Cannes é o Oscar da publicidade mundial e ganhar um Oscar é especial. 

Na parte de conteúdo, este ano estou especialmente curioso para ver como o tema da inteligência artificial será abordado. A IA é o tópico do momento, e se antes poderia ser vista como uma bolha, agora acredito que ela veio para ficar, mas, ainda é cedo para dizer o que vai perdurar. Acho que vivemos uma época similar a dos buscadores de internet, que vieram antes do Google se tornar o que é. Quem lembra do Altavista, AskJeeves, Cadê, entre outros? Mas minha maior curiosidade é entender como a IA pode ser integrada à criatividade de forma relevante e impactante. Não apenas como uma ferramenta de inovação tecnológica, e sim como um catalisador que potencializa grandes ideias. E, se tem um lugar que pode trazer exemplos e respostas para essa inquietação, este lugar é Cannes. 

Espero voltar de Cannes como sempre volto: alucinado para desfazer tudo e refazer tudo de novo, de um jeito diferente. 

Nos vemos no Palais!

Publicidade

Compartilhe

Veja também